Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020
INÉDITO

Final da Série D em Manaus terá mulher no comando da arbitragem

Edina Alves Batista, de São Paulo. vai apitar a grande final entre Manaus FC x Brusque, na Arena da Amazônia. Será a primeira mulher a comandar uma final de Campeonato Brasileiro



Arbitra_26F23CD0-D260-4554-9829-775820D4A276.jpeg Edina foi árbitra de CSA x Goiás este ano Kin Saito/CBF
13/08/2019 às 16:43

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) resolveu inovar.  A grande final do Campeonato Brasileiro da Série D, de 2019, decidida na capital amazonense entre Manaus FC e Brusque-SC, neste domingo, na Arena da Amazônia, terá uma mulher no comando da arbitragem.

Trata-se de Edina Alves Batista, de São Paulo. Ela é árbitra da Fifa e esteve na Copa do Mundo de Futebol Feminino da França, disputada em junho. 



Ela será auxiliada por Alex Ang Ribeiro e Adriano de Assis Miranda. O quarto árbitro será Evandro de Melo e Lima.

Edina foi árbitra do jogo CSA e Goiás, no Brasileirão deste ano, e no ano passado apitou partidas das séries C e D. 
 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

20 Jan
trans_8C3DB8BB-BCF9-43E8-B068-3BED79D3DBF5.JPG

Mutirão retifica nomes e assegura identidade de travestis e transsexuais

20/01/2020 às 20:27

Como o procedimento feito diretamente no cartório não é tão simples (a lista de documentos exigidos é extensa) e nem sempre é barato (custa em média entre R$350 a R$ 400), a ação visa não somente facilitar a vida das pessoas transexuais que desejam alterar o nome e gênero de registro em sua documentação de nascimento, como também vai acompanhar e custear a certidão de tabelionato de protestos


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.