Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
GINÁSTICA RÍTMICA

Final do Juvenil e classificatórias do pré-infantil agitam Brasileiro de Ginástica em Manaus

Neste sábado, 19, foi dia das ginastas mostrarem todas as suas habilidades nos aparelhos, para as decisões do Campeonato Brasileiro, em Manaus.



FullSizeRender.jpg Raicca Tomé, unica representante do Amazonas no Campeonato Brasileiro de Ginástica Rítmica, fez bonito nas suas apresentações. (Foto: Mauro Neto/Sejel)
20/08/2017 às 06:44

Para alcançar o sonhado lugar no pódio no Campeonato Brasileiro Caixa de Ginástica rítmica, que está sendo realizado em Manaus, as ginastas, vindas de várias partes do país, precisaram mostrar toda a graciosidade e perfeição de movimentos nas provas classificatórias da categoria Pré-infantil, e nas finais do Juvenil, que aconteceram na tarde deste sábado,  19, no Centro de Ginástica do Amazonas, localizado na Vila Olímpica de Manaus, Zona Centro-Oeste.

Pré-infantil 



Única representante do Amazonas na categoria pré-infantil, Raicca Tomé (Associação Atlética Adalberto Vale), de 9 anos, contou com a torcida dos seus pais, tios, avós, primos e amigos, que foram assistir uniformizados às suas apresentações nos aparelhos mãos livres e bola. Ontem, 18, ela já havia feito sua apresentação com o arco, e falou do seu sentimento após dois dias tensos de competições. "Acho que eu fui muito bem, me esforcei, cometi alguns errinhos em algumas partes, mas foi tudo tranquilo", disse Raicca. 

A mãe da pequena ginasta, Rebecca Tomé, disse que esta é a primeira competição da filha em um Campeonato Brasileiro, mas se engana quem pensa que Raicca é inexperiente. Isso porque ela já conquistou um resultado gigante, sagrando-se campeã Sul-americana junto com a equipe amazonense, ano passado, na Colômbia. 

"Ela já foi campeã Sul-americana, mas nunca tinha participado de um Campeonato brasileiro, então eu fico tremendo, nervosa, porque ela é a única amazonense da categoria pré-infantil na competição, então a responsabilidade acaba sendo grande. Ontem, ela estava bem nervosa, mas hoje, no dia da competição, estava bem mais tranquila", disse a mãe de Raicca, Rebecca.

Juvenil

Na categoria Juvenil, quatro amazonenses estavam na disputa, mas nenhuma delas conseguiu se classificar para as finais. Apesar disso, a felicidade de participar do Brasileiro falou mais alto do que qualquer medalha. "Minha participação foi muito boa, consegui fazer as minhas séries, com alguns erros, mas saí satisfeita, e hoje vim torcer para a Raicca", disse Micaelly Melo, também da Associação Atlética Adalberto Vale.

O Campeonato Brasileiro Caixa de Ginástica Rítmica teve início na quinta-feira, 17, e vai até domingo, 20, com as finais do pré-infantil. Participam 111 atletas, de 32 clubes, vindos de 14 Estados brasileiros. O evento serve como seletiva para o Pan-Americano de ginástica rítmica, que acontece em outubro na Flórida (EUA).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.