Terça-feira, 19 de Novembro de 2019
Craque

Final do TUF Brasil 2 terá Minotauro x Werdum e a estreia do amazonense Antonio Braga

Os veteranos Rodrigo Minotauro e Fabrício Werdum, disputam a luta principal da noite, seis anos após ambos terem se enfrentarem no extinto Pride



1.gif Minota e Werdum prometem uma grande luta
08/06/2013 às 10:25

A décima edição do UFC on Fuel TV, que acontece, neste sábado (08), em Fortaleza, traz um card de lutas poderoso, digno de “cabra da peste” cearense, desde as lutas preliminares até a peleja principal. Os veteranos Rodrigo Minotauro, 37, e Fabrício Werdum, 35, disputam mano a mano a luta principal da noite, seis anos após ambos terem se enfrentarem no extinto Pride. Naquela ocasião, Minota venceu Werdum de forma incontestável num duelo tão intenso quanto movimentado. Minotauro, porém, prevê um combate bem diferente hoje à noite, dizendo que tanto ele quanto seu oponente estão mais experientes, além de terem evoluído em vários aspectos de luta. “Essa é a luta da minha vida”, afirmou o baiano, cujos ombros estão carregados com a pressão pela vitória seja por ter que provar que ainda consegue competir em alto nível, mesmo com 37 anos, seja porque venceu o gaúcho seis anos atrás. “Será uma luta muito difícil, mas tudo será diferente. Tanto ele quanto eu evoluímos em vários aspectos”, diz Minotauro, considerado favorito pelos internautas.

Werdum por sua vez diz que sua intenção é fazer um combate inteligente, estudado, aguardando o momento certo para agir. O gaúcho afirmou que o favoritismo deve ser creditado na conta de Minotauro e que não há como prever que rumo a peleja vai tomar, se no chão ou na troca de chumbo em pé. “Vai depender muito de como a luta vai se desenrolar. Já tenho uma estratégia traçada tanto para a luta no chão quanto para a luta em pé. O Minotauro é favorito, até porque ele já disse que é. Essa coisa do favoritismo é muita pressão sobre o lutador”.  



Thiago x Feijão em climão

Outra luta que causa grande expectativa confronta Thiago Silva, 31, e Rafael Feijão, 32. Ambos se digladiam entre os meio-pesados (de 77 a 84 quilos). O primeiro luta para reconquistar a condição de top da categoria, uma vez que vem de duas derrotas e duas lutas sem resultado nos quatro últimos compromissos no UFC.  Feijão fará sua estreia no evento e vai tentar causar boa impressão com vitória expressiva. Cria de Minotauro, Feijão vem de duas vitórias, uma derrota e uma luta sem resultado no extinto Strikeforce, que foi absorvido pela Zuffa, empresa que detém os direitos de exploração do Ultimate. O clima entre ambos vem tenso desde provocações feitas por Thiago, que chamou o adversário de vagabundo. Feijão disse não dar ouvidos ao que o adversário falou. “Vou dar minha resposta na hora da luta. É nisso que estou ficado”.

Amazonense no game

O amazonense Antônio Braga Neto, 25, abre o card preliminar diante do norte-americano Antony Smith, um ano a menos. Os dois são estreantes na organização gerida por Dana White e pretendem fazer uma luta movimentada para dar show e causar boa impressão. “Vai ser uma luta louca. Vou tentar leva-lo para o chão e ficar por cima para trabalhar uma finalização. Confio no meu jiu-jitsu. Mas é um adversário duro, que não é bobo”, observa Braga Neto, que ontem na pesagem oficial levou a bandeira do Amazonas e encarou o adversário com olhar raivoso de pitbull.   


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.