Sexta-feira, 10 de Julho de 2020
CAMPEÃO?

Finalizado 'na caneta', Barezão 2020 movimenta bastidores de Manaus e AM

Nesse domingo (24), ambos os clubes emitiram nota sobre a questão de quem é o detentor do título do campeonato. Enquanto o Gavião considera até o retorno do Barezão para definição do campo, Onça evitou levantar polêmica



WhatsApp_Image_2020-05-24_at_20.37.16_7210F492-7CD4-49EF-814B-AE7C1EC67120.jpeg Foto: Divulgação/Amazonas FC
25/05/2020 às 11:36

O Barezão 2020 foi decidido ‘na caneta’, ainda na segunda quinzena de março. Após paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Federação Amazonense de Futebol (FAF) decidiu finalizar o campeonato, sem definir campeão, rebaixados e donos das vagas para as competições nacionais de 2021. Fora de campo, os clubes especulam quais serão as decisões tanto da entidade estadual quanto da CBF.

Ontem (24), o Manaus emitiu uma nota afirmando que deve ser considerado vencedor do Estadual. Campeão do 1º turno do Estadual, o Gavião  pontuou parágrafos das regras do torneio. 



“O Regulamento Específico da Competição (REC) não prevê pontos corridos ou pontuação geral, e o Regulamento Geral da Competição (RGC) não se sobrepõe a este”, comunicou o clube, que não descarta o retorno do Barezão, com autorização de autoridades sanitárias, para que a taça seja decidida em campo.

Resposta da Onça

Também ontem, mas no fim da noite, a diretoria da Onça Pintada da Zona Leste - que comemorou um ano de fundação neste final de semana - se posicionou em relação ao tema. Em extensa e detalhada nota, o clube caçula do futebol baré disse, entre outros pontos, que não há honra em se declarar um campeão na atual situação do campeonato, mas que é necessário estabelecer critérios para premiar os clubes com as vagas nos campeonatos nacionais de 2021.

"Consideramos descabida qualquer iniciativa de antecipar o debate sobre estas definições [...] Título só acontece verdadeiramente em campo, com gols, com torcida, com comemoração e volta olímpica", opinou o clube aurinegro, que realiza ação de solidariedade na semana de comemoração do aniversário.

Vale lembrar que os técnicos das duas equipes foram os primeiros a se manifestarem sobre o tema. Ainda na quinta-feira (21), em live no Instagram oficial do Manaus, o treinador Fajardo disse que o Gavião do Norte seria venceria o segundo turno e seria campeão direto. Já no sábado (23), foi a vez de Lecheva, comandante do Amazonas, dizer que por ter a melhor campanha geral até antes da paralisação, a Onça-pintada é quem merecia a taça.

Confira as duas notas na íntegra

Nota oficial do Manaus: 

"NOTA OFICIAL

O Manaus Futebol Clube vem a público se posicionar oficialmente acerca da definição do campeão amazonense 2020.

1. Para especularmos sobre o campeão do Amazonense 2020, é preciso ter o mínimo de conhecimento do regulamento da competição. E este é muito claro quando dispõe, a partir do seu artigo 7, que trata do sistema de disputa e especificamente no artigo 10, que diz que será conhecido o vencedor do Estadual do duelo entre os campeões de cada turno.

2. Só há um campeão, o campeão do 1º turno, que é o MANAUSFC, equipe que conquistou o título de maneira invicta, incontestável e dentro das quatro linhas, sobre um oponente que tinha a vantagem do empate na decisão, e ainda assim sofreu uma goleada de 4 a 1.

3. O Regulamento Específico da Competição (REC) não prevê pontos corridos ou pontuação geral, e o Regulamento Geral da Competição (RGC) não se sobrepõe a este.

4. Ainda assim, mesmo com o regulamento ao lado do MANAUSFC para ser declarado campeão amazonense 2020, o clube defende a continuidade da competição e acredita que ela deve ser finalizada dentro das quatro linhas, em respeito aos torcedores, patrocinadores e a detentora dos direitos de transmissão, Rede Calderaro de Comunicação, e desde já se coloca à disposição para conversar com os clubes coirmãos e com a Federação Amazonense de Futebol (FAF).

Portanto, assim que as autoridades sanitárias do Governo Estadual e Municipal autorizarem a volta do futebol, o clube retornará aos trabalhos, procurando atender todas as regras e recomendações para preservar a saúde de atletas, comissão técnica e funcionários, para que a competição seja retomada de maneira segura.

Fora desse entendimento, o MANAUSFC buscará o reconhecimento do título de Campeão Amazonense em todas as instâncias legais, fundamentado nas Leis do Esporte."

Nota oficial do Amazonas:

"NOTA OFICIAL

O Amazonas FC vem declarar oficialmente o seu posicionamento acerca do desfecho do campeonato Amazonense 2020. 

1-    Devido ao infortúnio que o Brasil passa nesse momento e que motivou a finalização antecipada do Campeonato Amazonense 2020, aprovada por unanimidade em reunião com a presença de todos os representantes dos clubes e com ata assinada. Ressaltamos que na ocasião a FAF somente mediou a Reunião, logo, o documento é válido e incontestável. 

2-   No momento da INTERRUPÇÃO do campeonato o AMAZONAS FC estava em primeiro lugar geral da competição, com 15 gols de saldo, o maior número de vitórias e 2 pontos à frente do segundo colocado, porém, não acreditamos existir nenhuma HONRA em se declarar campeão em um campeonato nas condições que se apresentam, mas entendemos que será necessário estabelecer um critério para definição das vagas nas competições nacionais da CBF e que para isso, deverá existir um consenso entre as autoridades máximas do futebol, pois nesse momento todos os campeonatos estão em risco, inclusive as competições de 2021 e por isso não é possível antecipar qualquer definição;

3-  CONSIDERAMOS descabida qualquer iniciativa de antecipar o debate sobre estas definições e principalmente falar de merecimento ao título, pois acreditamos que um título só acontece verdadeiramente em campo, com gols, com torcida, com comemoração e volta olímpica. Qualquer tentativa de se autoproclamar campeão sem a chancela dos realizadores, ao arrepio da legislação não passa de um despautério ou de uma ilusão, pois todos os elementos desta pseudoconquista de título não existirão de fato;

4-  SOBRE o retorno do Campeonato Amazonense 2020, acreditamos que seja inviável tanto pela questão econômica, quanto pela questão regimental com respeito as inscrições de jogadores que é intempestiva no momento, mas se ainda assim isso for definido pelas autoridades competentes do futebol, avisamos que estaremos prontos para entrar em campo, porém, declaramos desde já que somos completamente contrários a essa decisão, uma vez que o encerramento do campeonato  já foi decidido pelo conselho arbitral em reunião e teremos que arcar com as consequências desse ato independente de interesses particulares;

5-  SOBRE as declarações do Diretor e Técnico de futebol do Amazonas FC, durante a nossa LIVE de comemoração no dia 23 de maio de 2020, acerca do TÍTULO DE CAMPEÃO AMAZONENSE. Entendemos tratar-se de opinião pessoal e que em nenhum momento o mesmo falou pelo clube e sim como o Treinador Ricardo Lecheva e que a exemplo de outros treinadores, tem o direito a livre expressão, mas que neste caso não traduziu o perfeito posicionamento oficial do clube e que por esse motivo não merece qualquer ato de repreensão;

6-    CASO o AMAZONAS FC venha a ser declarado Campeão estadual, comunicamos que não teremos motivo para comemorar e que o troféu deste ano será doado para a Federação Amazonense de Futebol, que deverá permanecer exposto para que todos se lembrem que em 2020 não existiu uma Final de Campeonato, não existiu um gol de título, não existiu um Campeão Amazonense, pois a COVID-19 venceu todos os clubes do mundo e em respeito a todas as vítimas não existe motivo algum para comemorar. 

7-    O AMAZONAS FC segue com a sua campanha de solidariedade para arrecadar recursos que irão auxiliar a todos aqueles que estão enfrentando esse momento tão difícil das nossas vidas. Para nós que ainda comemoramos o nosso primeiro ano de existência,  queremos nos comprometer com a sociedade e não permitiremos que assuntos menores tirem o nosso foco de ajudar aqueles que estão precisando da nossa ação.

Comemorar a vida é o nosso maior gol.

A DIRETORIA"

 

News leonardo 9028af08 26fb 4271 b322 4409cded8370
Repórter do Craque
Jornalista em formação na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e repórter do caderno de esportes Craque, de A Crítica. Manauara fã da informação e que procura aproximar o leitor de histórias – do futebol ao badminton.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.