Publicidade
Esportes
Craque

Fininho pode ‘pintar’ no meio de campo do Leão da Vila Municipal contra o Penarol

Jogador é uma das opções do técnico Aderbal Lana para substituir Charles, expulso no jogo de ida das semis. Meia considerado ofensivo está “ponto de bala” para ajudar o Naça a chegar a mais uma final de Barezão  04/06/2015 às 16:02
Show 1
Fininho pode ser o substituto de Charles no meio de campo do Naça.
Denir Simplício Manaus (AM)

Com a expulsão do meia Charles aos cinco minutos do jogo de ida das semifinais contra o Penarol, no estádio Floro de Mendonça, o meio de campo do Nacional perdeu um pouco da ofensividade que lhe deu a liderança isolada na fase classificatória do Barezão. O técnico Aderbal Lana terá de convocar um substituto para o setor e Fininho pode ser o escolhido.

O meia, de 29 anos, nem chegou a entrar na partida em que o Leão da Vila Municipal bateu o Leão da Velha Serpa por 2 a 0, mas afirmou que está pronto, caso seja chamado. “O professor ainda não definiu o time de sábado. Mas, ele (Lana) e todo grupo sabem que podem contar comigo... se precisar estarei pronto”, confirmou Fininho, analisando que a expulsão de Charles foi ruim para o Naça. “O Charles é uma grande perda pra gente”, disse.

Fininho também comentou o caso da “demissão” de Marcos Piter no Penarol e acha que o grupo penarolense vem forte pro duelo de amanhã, na Colina. “Isso tem um lado positivo pra eles. Mostra que eles estão unidos, e quem conhece o Marquinho sabe que ele é uma pessoa do bem e merece respeito”, revelou.

O jogador, que nasceu no Amapá, mas veio muito cedo para o Amazonas, pregou respeito ao Penarol e acha que nada está decidido. “O grupo tá muito focado, ainda temos 90 minutos pela frente. Não ganhamos nada. Por isso precisamos ter muita humilde pra poder conquistar nosso objetivo”, finalizou.


Publicidade
Publicidade