Publicidade
Esportes
Craque

Flamengo e Vasco se enfrentam hoje no último e decisivo clássico do ano por objetivos distintos

De um lado, um Vasco ávido por emplacar a reação iniciada no Brasileiro justo em cima de seu maior rival. Do outro, um Flamengo que só quer saber de vitórias para continuar sonhando com a Libertadores 25/09/2015 às 18:02
Show 1
Clássico será o oitavo no ano: há cinco jogos o Flamengo não vence o Vasco
Felipe de Paula Manaus (AM)

Último confronto do ano entre Flamengo e Vasco, o clássico deste domingo, às 15h (de Manaus), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, é também o confronto mais importante entre os dois clubes na temporada. À beira do abismo do rebaixamento, o Gigante da Colina tenta embalar a reação já iniciada no Brasileiro diante seu maior rival. De outro lado, o Rubronegro, que ainda tem o Vasco atravessado na garganta em 2015, quer dar o troco e continuar firme na luta por uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem.

Para a partida, o Flamengo espera o retorno de Emerson Sheik, recuperado de estiramento na coxa direita. Wallace, que também tinha um estiramento, ainda está sendo avaliado e também pode reforçar o time. Já o Vasco contará com a volta do atacante Leandrão, que ficou fora do jogo contra o São Paulo por não estar inscrito na Copa do Brasil. Rafael Silva ou Jorge Henrique, que se recupera de lesão na coxa direita, podem formar dupla de ataque com ele. O volante Serginho está suspeso e Lucas, Rafael Vaz e Felipe Serymour são opções.

Com 23 pontos, o time de São Januário, que vem de três vitórias e um empate, está na vice-lanterna, a oito pontos do Goiás. No meio da semana, o técnico Jorginho não poupou o elenco titular contra o São Paulo pela Copa do Brasil e o time deve chegar mais desgastado que o Flamengo, já que o Rubro-negro não jogou no meio da semana. Com 41 pontos, a dois pontos do Palmeiras, o último do G4, o Flamengo quer reencontrar a boa sequência que rendeu seis vitórias seguidas e um breve retorno à zona de classificação à Libertadores.

Porém, sem vencer a duas rodadas, o elenco da Gávea tem consciência de que vencer o Vasco hoje significa mais do que apenas três pontos na tabela. “Ganhar o clássico é tudo. A gente não joga os 38 jogos do Brasileiro contra o Vasco. Temos que aproveitar ao máximo oportunidade. São os mesmos três pontos, mas é contra nosso maior rival. Quando perde, a zoação é grande, e a cabeça fica inchada. Quando vence, o sentimento de alegria é muito maior”, disse o volante Márcio Araújo, em entrevista coletiva na sexta-feira, no Ninho do Urubu.

Não pensa diferente o lateral-esquerdo Julio Cesar, do Vasco. “Ganhar do nosso rival é sempre bom, dá muita confiança e na fase que a gente está é melhor ainda. Viemos de bons resultados no Brasileiro. O esquema do Jorginho encaixou e a equipe subiu de produção. Então, temos tudo para fazer um bom jogo e dar uma arrancada para sairmos dessa zona incômoda”, afirmou o jogador.

Flamengo intalado

A temporada de 2015 abusou em reedições do “Clássico dos Milhões”. Foram oito confrontos, com três vitórias para o Vasco, duas para o Flamengo e dois empates. O primeiro do ano, vale lembrar, aconteceu em janeiro na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, em Manaus, pelo torneio SuperSeries. Na ocasião, o Flamengo derrotou o Vasco por 1 a 0, com gol de Everton aos oito minutos do primeiro tempo, naquele que seria uma das poucas triunfos do Rubronegro sobre o rival neste ano.

Com exceção da vitória do Flamengo na Taça Guanabara, além da já mencionada conquista do torneio de verão em Manaus, só deu Vasco. O time de São Januário teve mais êxito sobre o rival e o eliminou de duas competições, sempre com um empate e uma vitória: o Campeonato Carioca, que acabou sendo conquistado pelo time Gigante da Colina, e a Copa do Brasil, além de ter derrota o rival no primeiro turno do Brasileiro. Com a melhor campanha do segundo turno, o Flamengo tenta mudar um pouco esse panorama.

História

Talvez o grande clássico brasileiro da atualidade, Flamengo e Vasco cultivam uma rivalidade que atravessa o tempo e tem se consolidado cada vez mais o “duelo das multidões”. O histórico de confronto entre os dois times no Campeonato Brasileiro (desde 1967) justifica essa rivalidade. Em 55 jogo até hoje, foram 19 vitórias rubro-negras contra 17 cruzmaltinas, com 19 empates. Já na história total dos confrontos, também há vantagem para o Flamengo: são 148 vitórias contra 134 para o Vasco.

Ficha técnica

Flamengo: PV, Pará, Wallace, Samir e Jorge; Márcio Araújo, Canteros e Alan Patrick; Paulinho, Sheik e Guerrero. Técnico: Oswaldo de Oliveira 

Vasco: Martin Silva; Madson, Rodrigo, Luan e Julio Cesar; Rafael Vaz, Rafael Vaz, Bruno Gallo, Andrezinho e Nenê; Leandrão.Técnico: Jorginho

Estádio: Maracanã

Horário: 15 horas de Manaus

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden - RS (FIFA) 

Rodada: 28ª rodada do Campeonato Brasileiro

Publicidade
Publicidade