Sábado, 20 de Julho de 2019
Copa Brasil de Beach Soccer

Flamengo e Vasco se enfrentam nesta sexta-feira na Copa Brasil de Beach Soccer

Os dois times apostam em goleiros com fama na areia e até em reality show



1.png Novo desafio promete movimentar areias da arena do beach soccer em Manaus
17/05/2013 às 12:40

Nesta  sexta  à noite a maior rivalidade carioca vai invadir as areias do Centro Cultural dos Povos da Amazônia, Zona Sul de Manaus. É que Vasco e Flamengo fazem, às 19h15, o jogo mais esperado da 3ª edição da Copa Brasil de Beach Soccer. O clássico, que teve recorde de público na primeira edição, com a presença de 30 mil pessoas, terá transmissão ao vivo da TV A Crítica.

Na quinta-feira(16), o Vasco venceu o Avaí por 9 a 2 e garantiu a vaga para a semifinal da competição. O Flamengo derrotou o Fast Clube por 9 a 3 e também vai participar da semi, no sábado. Mas apesar disso, as duas equipes prometem fazer um jogão nesta sexta-feira(17) à noite. “Esse jogo vale mais que uma final. O fato de já estarmos classificados não o torna menos importante, afinal, estamos falando de Vasco e Flamengo, onde a rivalidade é sempre muito forte. Além do mais, a liderança do Grupo A estará em jogo”, comentou Cesinha - goleiro do Trem de Bala e também da Seleção Brasileira.

Mas se a equipe do Bacalhau conta com um goleiro do time canarinho, o rubro-negro tem um ex-BBB. Goleiro reserva do rubro-negro, Giuliano Ciarelli, que participou da 5ª edição do reality show, será o titular do clássico dos milhões, já que Willian, com um cartão amarelo, será poupado. “Vasco e Flamengo vale até no ímpar ou par, por isso o jogo merece a dedicação e atenção de todos os atletas, o fato de já estarmos classificados para a semifinal é apenas um detalhe”, disse Ciarelli, que está na equipe desde setembro do ano passado.

Para o técnico do Vasco, Rodrigo Freitas “Chumbinho”, é impossível considerar que a partida de hoje à noite seja apenas um simples amistoso. “Nós viemos a Manaus participar de duas competições, a Copa Brasil de Beach Soccer e o jogo contra o Flamengo, que consideramos uma disputa extra”, explicou Chumbinho.

De olho na liderança do Grupo A e, principalmente, em uma vaga na final do torneio, o técnico do Flamengo, Gilberto Costa, campeão com o Botafogo em 2011, em Manaus, disse que hoje o time vai jogar com a inteligência. “É uma rivalidade muito grande, estamos na semifinal, por isso vou fazer mais substituições durante a partida de hoje, não dá para poupar ninguém, então o jeito é fazer mais trocas”, pontuou Costa.

Em 2011, o Vasco levou a melhor e venceu o clássico por 4 a 3. Ano passado, revanche rubro-negra, também com o placar de 4 a 3. Hoje é o dia do desempate. E aí, quem vai vencer e clássico dos milhões de 2013? Façam as suas apostas.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.