Publicidade
Esportes
Brasileirão Feminino

Flamengo/Marinha vira sobre o Rio Preto e é Campeão Brasileiro Feminino em 2016

As meninas do Flamengo/Marinha saíram atrás no placar, mas conseguiram virar para 2 a 1. O resultado foi suficiente para acabar com a vantagem do time paulista que venceu o primeiro jogo por 1 a 0 20/05/2016 às 21:11
Show ricardo stuckert
Larissa e Gabi marcaram os gols do título rubro-negro. Foi a primeira vez que um time fora do estado de São Paulo ganhou a competição (Foto: Ricardo Stuckert/CBF)
acritica.com Manaus (AM)

Pela primeira vez em sua história, o Flamengo/Marinha conquistou o título do Brasileiro Feminino. Após perder para o Rio Preto por 1 a 0, no jogo de ida, no Rio de Janeiro, o time carioca reverteu o duelo decisivo, nesta sexta-feira (20), ao vencer as atuais campeãs por 2 a 1, no estádio Anísio Haddad, em São José do Rio Preto (SP). As rubro-negras se sagram campeãs, graças ao critério de desempate dos gols qualificados marcados fora de casa (2 a 1).

A finalíssima entre Rio Preto e Flamengo/Marinha começou a mil por hora. Com um pênalti para cada lado no início da partida, o placar do jogo de volta já marcava 1 a 1, com apenas 10 minutos de disputa. Após ver a vantagem do gol marcado fora de casa, no Rio de Janeiro, escapar com a penalidade convertida pela rubro-negra Larissa, as mandantes reagiram na mesma moeda e deixaram tudo igual com a zagueira Simeia. Retrato do equilíbrio entre as duas equipes, o marcador se manteve empatado até os 43 minutos do primeiro tempo, quando, em boa trama ofensiva, o Flamengo/Marinha voltou a liderar. Atenta, Gaby mostrou oportunismo, aproveitou o rebote da goleira Luciana e fez 2 a 1.

A tensão aumentou na volta do intervalo. Jogando diante de sua torcida e correndo contra o tempo, o Rio Preto tentou pressionar desde o reinício da partida. Pelo lado das visitantes, as jogadoras do Flamengo, com muita entrega e dedicação na marcação, apostavam nos contra-ataques para ampliar a vantagem e conquistar o título inédito. Segurando a pressão até o fim, o Flamengo desperdiçou a chance de matar a partida, aos 44 minutos, em contra-golpe da artilheira Larissa, mas confirmou o triunfo por 2 a 1, fora de casa, e ficou com o troféu do Brasileiro Feminino 2016.

Publicidade
Publicidade