Domingo, 26 de Maio de 2019
Craque

'Foi acidente de trabalho', diz Thiago Brandão, após dividida que lhe custou seis pontos no rosto

Jogador do Rolo Compressor disse que o jogador Carlinhos, do Princesa, não teve culpa na jogada. 



1.jpg
Jogador se feriu durante a partida e não abandonou o campo, mas abriu cortes
31/05/2015 às 22:43

Guerreiro é boa palavra para definir o zagueiro do Fast Thiago Brandão. Após um lance de dividida por cima com Carlinhos, o jogador sofreu dois cortes simultâneos no rosto, um acima outro abaixo do olho, e como continuou jogando com uma proteção de esparadrapo, acabou abrindo os cortes tendo que receber depois seis pontos no rosto. Ajudando a salvar o Fast até o último, o amazonense de 28 anos se tornou um dos símbolos da vitória fastiana.

“Ele (Carlinhos) foi raspar de cabeça pra trás e eu fui dar a cabeçada. Na hora, você não sente. Eu senti escorrer algo grosso, passei a mão e senti o sangue”, diz ele, que isentou o jogador do Princesa de culpa. “Foi um acidente de trabalho”, disse ele, que tampouco conta com a possibilidade de ficar de fora do jogo de volta. “Vou recuperar e quero jogar. Tiro os pontos no sábado”, diz ele, que assegura que deve treinar normalmente.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.