Terça-feira, 25 de Junho de 2019
Craque

‘Foi um jogo parelho’, diz técnico do Operário após goleada por 4 a 1 para o Penarol

Apesar do resultado elástico, Neneca, técnico do Sapão da Terra Preta, acredita que equilibrou a partida e elogiou a disposição dos jogadores 



1.jpg Neneca acredita que o time pode reverter difícil situação no campeonato
02/05/2015 às 20:36

De fato, a goleada por 4 a 1 do Penarol diante do Operário, neste sábado (2), no Campo da Ulbra, não foi um retrato fiel da partida. Se no primeiro tempo o Leão da Velha Serpa desperdiçou várias chances e só fez um gol, no segundo o Operário chegou a nivelar o jogo, mas não foi feliz nas finalizações e sofreu nos contra-ataques.

“Pra te ser sincero, acho que foi um jogo parelho. Ganhou quem errou menos, que no caso foi o Penarol. O futebol é feito de detalhes e mais uma vez os detalhes colaboraram para eles”, disse o técnico Neneca, que elogiou a equipe e disse que o time de Manacapuru vem crescendo no campeonato, embora não marque nenhum ponto desde o empate em 2 a 2 com o Princesa do Solimõs na primeira rodada do Barezão.

“A equipe vem numa crescente, buscou o resultado... Fizemos um primeiro tempo de razoável pra bom, equilibramos a partida, tanto é que Penarol só sai com 1 a 0 de uma falha individual isolada”, disse ele, prometendo reverter a difícil situação do Sapão da Terra Preta. “São cinco jogos, 15 pontos, vamos buscar até o final sair dessa zona de desconforto”, finalizou.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.