Sábado, 20 de Julho de 2019
Craque

Frank Franco conquista prata e Bronze em competições internacionais

No Mundial da Confederação brasileira de Jiu-Jítsu Esportivo (CBJJE), além da prata deste ano, ele tem um ouro (2011) e um bronze (2010)



1.jpg Frank Franco, lutador amazonense
29/07/2013 às 16:46

O lutador amazonense Frank Franco, 44, conquistou mais duas medalhas para sua galeria de façanhas na “arte suave”. Do Campeonato Mundial de Jiu-Jítsu Esportivo de São Paulo, ele voltou com a prata no Sênior 2 Pesadíssimo, enquanto o bronze foi obtido no Rio de Janeiro durante o Internacional Master & Sênior da International Brazioliam Jiu-Jitsu Federation (IBJJF).

“Essas conquistas só foram possíveis devido ao apoio que o Governo do Estado me deu. Além disso, sou funcionário do Tribunal de Justiça do Estado e recebo incentivo dos desembargadores Ari Moutinho (presidente) e Flávio Pascarelli”, destacou o faixa preta da Academia Monteiro, durante visita nesta terça-feira (30) de julho, a titular da Sejel, Alessandra Campêlo, e o secretário executivo Anderson Souza.

Para quem não sabe, Frank Franco é uma verdadeira lenda viva do esporte amazonense. No Mundial da Confederação brasileira de Jiu-Jítsu Esportivo (CBJJE), além da prata deste ano, ele tem um ouro (2011) e um bronze (2010). No evento internacional do Rio de Janeiro, Frank Franco já subiu oito vezes no lugar mais alto do pódio.

Apesar do frio dos últimos dias no Sudeste, o guerreiro superou os adversários e brilhou novamente nos tatames. “O mais difícil é permanecer entre os grandes, por isso valorizo cada uma dessas medalhas que conquistei nas últimas semanas”, destacou Frank Franco, que trabalha como assistente de gabinete com o desembargador Flávio Pascarelli, do TJAM, e é estudante de Direito.

*Com informações da Assessoria de Comunicação da Sejel

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.