Publicidade
Esportes
LIGA NACIONAL DE FUTEBOL AMERICANO

Fundador do Manaus Cavaliers se reencontra com o ex-time em jogo da Liga Nacional

O quarterback Binho Menezes fundou o Cavs, mas hoje é do Lions e espera vencer o time que ele mesmo conduziu ao primeiro título de um time amazonense em competições nacionais 24/08/2018 às 17:19
Show show fa principal 0fbe2711 7745 4cb9 a097 dc2ff7586f65
Foto: Antônio Lima
Camila Leonel Manaus (AM)

O atual bicampeão amazonense, North Lions, nem existia quando o Manaus Cavaliers conquistou o Torneio Capital no ano de 2009. A competição, hoje reconhecida como Campeonato Brasileiro, foi a primeira a reunir equipes de vários estados do Brasil e um dos que conduziu o time à vitória foi o quarterback Binho Menezes. Neste sábado (25), na partida entre Manaus Cavaliers e North Lions, às 19h, no Estádio Ismael Benigno, Binho e o Cavs voltam a jogar um Campeonato a nível nacional, mas em lados opostos.

Binho foi o fundador do Manaus Cavaliers no ano 2006, o primeiro ano do futebol americano em Manaus. Com o time, que na época se chamava Cidade Nova Cavaliers, ele conquistou dois títulos amazonenses de forma invicta e mais o Torneio Capital. Porém no ano de 2010, ele deixou o time e em 2013 fundou o Lions, que já conquistou dois Campeonatos Amazonenses. No reencontro com a ex-equipe ele diz que terá uma sensação de dever cumprido.

“A sensação que a gente tem é que fez bastante coisa pelo esporte, que deixou um legado de realização, de sacrifício e de que não foi fácil”, explica o quarterback que diz que o sentimento vai durar até a hora do chute inicial. “Hoje o sentimento é de leão. Do outro lado, o Cavs é adversário e só sobra o orgulho de ter feito todas essas coisas pelo futebol americano”, declarou.

As duas equipes venceram nas estreias. O Cavaliers venceu o Raptors por 46 a 0, já o Lions superou o Manaus Broncos por 10 a 0. A partida de hoje define quem será o líder da chave. “Entendemos que o Cavs vem com muita força, mas o Lions tem a melhor defesa de Manaus. Temos uma base jogando há mais tempo juntos e estamos extremamente concentrados pela responsabilidade. Até o momento é o jogo mais importante do ano e vai ser um jogaço de futebol americano”, finalizou Binho.

Outro jogador com experiência em competições nacionais que estará em campo é Ari Alves, ponta de linha da linha ofensiva (tight end) do Cavaliers. Ele já conquistou em 2009 o Torneio Capital com o time amazonense e em 2010 com o Tritões, time do Espírito Santo. “O objetivo de todo atleta que joga e leva o esporte a sério é disputar uma Liga Nacional, então vai ser uma emoção jogar em Manaus”, explica o jogador que também explicou a preparação para a partida.

“Estamos treinando muito e estudando muito não só os times daqui, mas os times de fora. Nosso técnico tem 27 anos de experiência e entende o jogo e estamos treinando em alto nível”, explica o jogador que começou a jogar na posição atual justamente no Torneio Capital.

“Eu jogava de tight end nesse torneio. Conversei com o Binho e me colocaram nessa posição e deu certo nessa posição tanto que estou nela há 13 anos. O que me lembro daquele torneio é que a gente reuniu uma equipe com atletas de vários estados, alguns do Tritões, outros de São Paulo e nos unimos. Jogamos contra times grandes, adquirimos experiência e conquistamos aquele título”.

Programação

Os portões serão abertos ao público às 17h20 e às 18h haverá uma partida de flag entre as equipes femininas do Cavaliers e das Walkyrias. O jogo principal começa às 19h e no intervalo haverá sorteio de brindes.

Até esta sexta (24) haverá cortesia de ingressos na Barbearia Os Barbeiros do Parque 10 , Zona Centro Sul, com dois ingressos gratuitos por CPF. No dia do evento as entradas custarão R$5 reais na bilheteria do estádio. No dia do evento, haverá um ônibus para levar os torcedores ao estádio saindo do Estádio Carlos Zamith, Zona Leste de Manaus, às 15h30. O transporte será gratuito.

Publicidade
Publicidade