Publicidade
Esportes
Craque

Futebol de mesa do Amazonas está entre um dos 12 melhores em uma competição nacional

Após um total de 22 partidas, os quatro botonistas amazonenses ficaram entre os 12 melhores da competição 10/09/2015 às 15:51
Show 1
Equipe de botonistas amazonenses participou pela primeira vez da Copa Brasil
Paulo André Nunes/ manaus hoje ---

O Amazonas teve um desempenho considerado proveitoso durante sua 1ª participação na Copa Brasil de Futebol de Mesa Individual (12 Toques) realizada entre sábado e a última segunda-feira em São Paulo. Após um total de 22 partidas, os quatro botonistas amazonenses ficaram entre os 12 melhores da competição.

Na classificação final, o melhor resultado foi o 8º lugar do botonista Augusto Araújo, com Ulisses Monteiro ficando em 9º, Miguel Marialva terminando em 10º pela categoria Master e o capitão da equipe, Marcos Oliveira, aparecendo em 12º lugar.

“Nós fizemos 22 jogos, sendo sete classificatórios e quinze da 4ª Divisão. Ter ficado em oitavo num rol de 16 jogadores de alto gabarito foi satisfatório. Foi uma satisfação tremenda. Uma experiência única participar de um evento nacional de futebol de mesa, haja visto que nosso Estado ainda está engatinhando neste esporte. Obtive muitas dicas sobre o esporte, jogadas, chutes, arrumação dos jogadores, etc. No mais foi um bom intercâmbio”, disse Augusto Araújo.

O capitão da equipe, Marcos Oliveira, enfrentou um dos piores adversários na Copa Brasil: nada menos do que o tetracampeão brasileiro individual Roberto Lara Rodrigues, o Robertinho, de Curitiba. O representante amazonense foi derrotado, mas ganhou uma coisa mais importante que a vitória: o intercâmbio e os ensinamentos para uma vida toda.

“Eu perdi de 7 a 4 para o Robertinho, mas ele me elogiou em alguns pontos. Fez várias correções. Foi uma aula de futebol de mesa”, comentou Marcos, feliz pelo intercâmbio com um dos destaques da modalidade.

Clínica em Manaus

A equipe desembarcou em Manaus com outra boa notícia: uma clínica na cidade que contará com apoio da Confederação Brasileira de Futebol de Mesa. “A Confederação vai nos ajudar tecnicamente enviando um representante para Manaus visando uma clínica. Eles gostaram muito de nós e ficaram felizes em saber que existe futebol de mesa em um lugar tão longe do País”, informa o capitão Marcos Oliveira. Ele disse que Estados da Região Norte, como Rondônia, Roraima e Pará, serão convidados para participar.

Publicidade
Publicidade