Publicidade
Esportes
Final do Kart

Gabriel Silva, Yasmin David e Cícero Barbosa sagram-se campeões do Amazonense de Kart

Corridas emocinantes marcaram a última etapa do campeonato, que definiu os campeões da temporada 20/11/2016 às 15:02 - Atualizado em 20/11/2016 às 15:11
Show foto kart
Yasmin David foi a grande campeã da categoria Novatos, e Cícero Barbosa foi o campeão da Categoria Força Livre (Foto: William D'Ângelo)
Jéssica Santos Manaus (AM)

Disputas emocionantes tomaram conta da Grande Final do Campeonato Amazonense de Kart, ocorrida neste sábado (19). Os campeões da temporada foram Gabriel Silva, na categoria Graduados; Yasmin, na categoria Novatos; além de Cícero Barbosa, na categoria Força Livre.

 A oitava e última etapa do campeonato aconteceu no kartódromo da Vila Olímpica, localizado no bairro Dom Pedro, Zona Oeste da cidade. O evento começou às 18h com a tomada de tempo dos pilotos e, em seguida, houve as duas baterias de cada categoria em disputa. 12 pilotos disputaram as corridas do último sábado, nas categorias: Novatos, Força Livre e Graduados.

Novatos

Na categoria Novato, o principal nome foi Yasmin Oliveira David, 15, que venceu as duas baterias do dia. Victor Hugo ficou em segundo lugar, e Paulo Filho, em terceiro. Na classificação geral. Yasmin David, campeã do dia e também do campeonato, é jovem mais já sabe o que quer para o futuro. "Sou apaixonada pelo esporte, e pretendo seguir carreira de pilota daqui para frente. Começando a correr em Belém, Roraima, como já corri, e em outros Estados também. Além disso, gostaria de correr na categoria dos graduados, quem sabe", disse a corajosa Yasmin.

"Achei muito legal o campeonato, principalmente porque ganhei muita experiência, então achei bem interessante. Agora já tenho uma base, apesar de ter só um ano de kart", disse Yasmin sobre sua trajetória no campeonato deste ano.

Graduados

Apesar de já estar com o título na mão na categoria Graduados, o jovem e experiente Gabriel Silva, 19, travou disputa acirrada com Adriano Vidal. Na primeira bateria, quem levou a melhor foi Adriano, com o tempo total de 16:17.401, apenas alguns milésimos à frente de Gabriel. "O Gabriel é fora de série. Mas, acho que na tentativa de fazer uma largada excelente, ele acabou queimando, e foi punido, daí eu venci, mas foi difícil, não estou com o preparo físico ideal, então é uma honra estar brigando pelas primeiras colocações com essas feras".

Na segunda bateria, o vencedor foi Cícero Barbosa. Mas na soma dos resultados, Adriano Vidal foi o campeão da noite.Gabriel Silva teve o eixo quebrado e não completou a segunda bateria, mas, como já havia conquistado o título antecipado do campeonato, pôde festejar. "Este ano, o campeonato foi bem disputado, mas o que me ajudou é que meu equipamento estava muito bom, o conjunto mecânico e piloto funcionou bem, então foi tudo ótimo, vencemos 7 das 8 etapas, e fiquei muito feliz com meu desempenho", destacou, o campeão entre os graduados, Gabriel Silva.

Força livre

Na categoria Força Livre, em que é permitido usar qualquer shassi e qualquer potência de motor, Cícero Barbosa venceu as duas baterias, com Luiz Sales ficando com a segunda colocação, e Whaglas Júnior, com a terceira. "Eu só precisava completar o circuito para ser campeão, e venci as duas baterias, então foi muito bom. Usei a experiência que já tenho de alguns anos de kart, e tem dado certo", disse Cícero, que também compete na categoria de graduados, em que terminou na terceira colocação do campeonato.

Sobre a expectativa para o ano que vem do kart amazonense, Fabiano Magalhães, presidente da AKA - Associação dos Kartistas do Amazonas foi sincero. "A condição econômica do país e dos pilotos está complicada, começamos o ano com 15 pilotos e estamos terminando com 6, na categoria principal. Então, para ser sincero, é necessário haver mais apoio, patrocínio. Para esta corrida conseguimos o apoio da Real bebidas, e temos o apoio da Sejel, porém, nosso objetivo para o ano que vem é simplesmente manter o campeonato vivo, com um número bom de pilotos, e sem prejuízos, pois nosso esporte é divertido, mas caro".

Publicidade
Publicidade