Publicidade
Esportes
Craque

'Ganhar no Flamengo deve ser uma coisa muito legal', diz Muricy, novo técnico do clube

Ao lado do presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, o treinador vestiu a camisa do clube e disse que aceitou a proposta pelo tamanho do desafio. 08/12/2015 às 18:36
Show 1
Muricy é apresentado ao lado do presidente Eduardo Bandeira
acritica.com Manaus (AM)

O tradicional auditório Rogerio Steinberg, na sede social da Gávea, foi palco da apresentação oficial e primeira coletiva de imprensa do novo treinador do Flamengo, Muricy Ramalho, na noite desta terça-feira (08.12). O técnico assinou contrato com duração de dois anos com o clube.

“Muricy Ramalho ficará conosco pelos próximos dois anos e dispensa apresentações. Campeão de tudo, agora vai ajudar o Flamengo a ser campeão de tudo”, introduziu o presidente Eduardo Bandeira de Mello.

O técnico, tetracampeão brasileiro e campeão da Libertadores, contou aos jornalistas porque escolheu o Mais Querido do Mundo. “Agradeço ao presidente e ao Flamengo pelo convite. Fiquei muito honrado pela transparência e organização do clube. Escolhi vir para cá pelo tamanho do Flamengo. É um desafio muito grande e ganhar aqui deve ser diferente”, afirmou.

Confira a entrevista coletiva na íntegra:

Tempo afastado
É um prazer estar aqui. Fiquei um pouco afastado do futebol para cuidar da minha saúde e da minha família. É importante estudar, em todas as áreas, não só no futebol mas na base e na administração também. Conversamos aqui no Flamengo para unificar todas as categorias e treinamentos específicos do mesmo estilo de jogo para todas as categorias. É importante que o jogador que venha da base chegue preparado ao profissional. Mas todos esses projetos não adiantam sem ganhar. Isso que vamos tentar fazer. Vamos ficando mais experientes, sempre aprendendo no futebol e na vida. Temos que esperar o dia a dia, os jogos acontecerem, e aí falaremos se foi válido. Estou melhor, acho que valeu a pena.

Estrutura
Estive agora à tarde lá (CT) para conhecer. Claro que faltam muitas coisas, isso foi falado. Há um projeto emergencial para janeiro e daqui a um ano teremos alguma coisa definitiva. Até porque não há futebol de resultados sem isso. Temos que melhorar, ver os números, ver porque quem está ganhando sempre está na frente. Esse é o caminho. E percebemos que aqui no Flamengo isso vai acontecer. Sanaram as dívidas e agora vamos na estrutura. Acredito muito nisso.

Maior desafio
O desafio maior do técnico é conquistar. Tudo é importante, planejamento, ideias, mas não dá para caminhar sem resultados. Vamos atrás das vitórias e o projeto vai junto. Em uma potência como o Flamengo não dá para esperar muito tempo sem resultados.

Elenco atual
São jogadores que com a história que têm no futebol (Guerrero e Cirino) não podem ter esquecido como jogar. Às vezes só olhamos o jogador no domingo e na quarta. Temos que ver os números, identificar o problema, conversar e tentar corrigir. São jogadores muito importantes que com certeza estarão conosco ano que vem.

Contrato de dois anos
Não sou um cara inseguro, ao contrário. Na minha carreira sempre escolhi muito bem os lugares onde trabalhei e acho que estou fazendo a escolha correta mais uma vez. Se você ver o meu histórico, dificilmente saio antes do meu contrato. Sou um cara de conquista. Aqui não vai ser diferente. Devo ficar os dois anos e até mais.

Com informações do Flamengo.

Publicidade
Publicidade