Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
Craque

Gigantes do judô brasileiro desembarcam em Manaus

Rafaela Silva e Edinanci Silva serão atrações do Brasileiro Sênior de Judô, que acontece neste sábado (5) e no domingo (6) na Arena Amadeu Teixeira, na capital amazonense



1.jpg Centro das atenções Campeã mundial Rafaela Silva é favorita
05/10/2013 às 10:30

A atual campeã mundial peso leve (57 quilos) Rafaela Silva é a grande atração do Brasileiro Sênior de Judô, que acontece neste sábado (5) e no domingo (6) na Arena Amadeu Teixeira, a partir das 9h.

Os melhores do certame serão convocados pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ) para representar o Brasil em competições internacionais no próximo ano e somam pontos no ranking mundial, que assegura vaga à Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro.

Rafaela, atleta carioca que surgiu do Instituto Reação, de Flávio Canto, é o grande nome entre as mulheres e dividirá os holofotes com a peso pesado (acima de 78 quilos) Edinanci Silva, dentre outras atletas consagradas no cenário nacional. “Quando eu entrei na seleção, entre as mulheres ela (Edinanci) era a que era mais conhecida, mais famosa. Então, sempre foi um exemplo para mim e para as outras atletas”, disse Rafaela, favoritíssima na luta contra a amazonense Laura Cristina.

Edinanci é um exemplo para meninas do judô brasileiro pelo currículo com várias competições internacionais e duas medalhas de bronze em mundiais. E ela faz questão de passar a experiência que tem para as atletas mais novas. “Procuro passar para as meninas, especialmente as do Norte e Nordeste, que é possível chegar à seleção mesmo com menos estrutura”, diz a atleta, que além do excelente histórico no esporte, também ficou conhecida por enfrentar dúvidas e questionamentos sobre seu gênero sexual.

Amazonas visa ao pódio

No geral, os atletas locais nunca estiveram tão próximos dos lugares mais altos do pódio, por lutarem em casa e pela boa fase técnica vivida pelo judô amazonense. Além de jovem, a seleção amazonense tem experiência em disputas nacionais e internacionais, e estará muito bem representada em várias categorias no feminino, a exemplo de Rita de Cássia Reis (super ligeiro até 44 quilos), Mayara Gonçalves (ligeiro até 48 quilos) e Rafaela Barbosa (meio-leve até 52 quilos).

Entre os homens, a expectativa de pódio gira em torno de Guilherme Lócio na categoria ligeiro (até 60 quilos) e Adriano Rodrigues na meio leve (até 66 quilos). Mas há os que lutam para marcar posição e mandar o seu recado. O sensei Glaucio Mendonça, 41, inicador de vários atletas locais e fundador da Associação Comunitária de Pais e Alunos do Judô do Amazonas (Acopajam), pretende mostrar que ainda tem muita “lenha para queimar”. Gláucio disputa a categoria médio (até 90 quilos). “Vou lutar cada luta como se fosse a luta da minha vida”.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.