Publicidade
Esportes
Craque

Gobbi: 'A hora do Pato vai chegar'

O presidente do Corinthians, Mário Gobbi, saiu em defesa do jogador 05/07/2013 às 12:38
Show 1
Alexandre Pato pode roubar a vaga de Emerson
Jornal A Crítica Manaus

“O Pato vale 40 milhões (de reais). Se não, não compraríamos”, afirmou o presidente Mário Gobbi, no lançamento do terceiro uniforme do Corinthians, agora azul, ontem. Alexandre Pato foi um dos jogadores escolhidos para apresentar a nova camisa - o outro foi Romarinho. No clássico contra o São Paulo pela Recopa Sul-Americana, na última quarta, Romarinho foi titular. Reserva, Alexandre Pato não atuou na vitória por 2 a 1.

Gobbi saiu em defesa do jogador. Ele já tinha dado declarações como essa antes do clássico de quarta e voltou a falar sobre Alexandre Pato. Disse que ele tem apenas 23 anos e é que é preciso dar tempo ao tempo. “O Pato vai jogar, ele é um craque, mas existem disputas internas por posição. A hora dele vai chegar”, garantiu o presidente.

“Não abrimos mão do Pato, ele não vai sair do Corinthians”. A titularidade de Alexandre Pato é um assunto que atormenta o Corinthians desde que o jogador foi contratado no final do passado. Como o clube investiu alto, R$$ 40 milhões pagos ao Milan, criou-se uma expectativa grande em torno do jogador. Ele foi titular, sofreu uma lesão e voltou à reserva. Nesse meio tempo, perdeu pontos com Felipão e ficou fora da lista de convocados para a Copa das Confederações.

A tal hora de Alexandre Pato, como disse Gobbi, deve chegar já a partir deste domingo, quando o time enfrenta o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, no recomeço do Campeonato Brasileiro. Uma série de lesões pode abrir espaço para que ele volte ao time. Além dos meias Danilo e Douglas, que se machucaram no jogo contra o São Paulo, o departamento médico do clube informou que o atacante Emerson também deixou o jogo lesionado. Nenhum deles enfrenta o Bahia.

Alexandre Pato pode roubar a vaga de Emerson, que é de fato o seu maior rival por um lugar no time titular. As lesões desses três jogadores foram graves e vai obrigar o técnico Tite a remontar o time.

Publicidade
Publicidade