Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020
Gol de placa

Jogo das Estrelas acontece neste domingo (22), na Colina

Com lema ‘Mais que uma partida de futebol: uma união para o bem’, evento solidário deste ano visa arrecadar fraldas tamanho G e GG à fundação filantrópica. Partida acontece a partir das 8h



mh_-_14_7534876D-F848-44CA-91F9-131DF564DFE8.jpeg Foto: Altemar Oliveira
20/12/2019 às 21:50

Neste domingo (22), às 8h, no estádio da Colina, Zona Centro-Oeste, acontece o “Jogo das Estrelas”. Em sua 16ª edição, o torneio solidário é realizado desde 2003, quando era apenas uma brincadeira entre solteiros e casados. O idealizador da partida, Robson Cunha, resume o evento com a seguinte frase: ‘Mais que uma partida de futebol: uma união para o bem’.

“No início, o ‘Jogo das Estrelas’ servia para confraternizar com os amigos. Porém, em 2014, após fazer uma visita ao ‘Abrigo Coração do Pai’, que cuida de crianças que passam por alguma situação de risco, eu tive a ideia de unir essa diversão com solidariedade. No mesmo ano, dei uma nova versão ao jogo, que além do futebol, tem objetivo filantrópico”, conta Robson, que naquele ano, arrecadou 42 latas de leite Nestogena para o ‘Abrigo Coração do Pai’. O abrigo também recebeu apoio nos anos de 2015 (com materiais de limpeza) e 2016 (com quase meia tonelada de café, açúcar e feijão).



“O futebol se tornou um detalhe, pois o ‘gol de placa’ é a ajuda. Sempre tenho esse propósito de alertar as pessoas para nunca deixarem de ajudar os necessitados, principalmente nessa época do ano, de Natal e Ano Novo. Em 2017, o evento serviu para ajudarmos um amigo, que estava precisando de alimentos e dinheiro para pagar uma cirurgia na época. Atualmente, o projeto consegue ajudar apenas uma instituição, ou mesmo uma pessoa, por ano. Porém, a intenção é que a gente, a partir do ano que vem, comece a fazer mais eventos pra poder estar sempre ajudando, colaborando com mais instituições”, explica o organizador, ressaltando que tudo só é possível graças ao apoio que recebe de todos os amigos que jogam com ele, sendo alguns deles empresários da cidade que, através desse futebol, ajudam instituições e pessoas.

Time da União x Time da Fé

Por ser originalmente uma partida entre solteiros e casados, as equipes não tinham um nome fixo. Nos últimos anos, os times passaram a ser divididos como ‘Time da União’ e ‘Time da Fé’, envolvendo mais de 40 jogadores, com todos recebendo medalhas personalizadas, além de disputarem o título de campeão da competição.

“Também temos as premiações individuais para melhor goleiro e para o artilheiro. Além disso, elegemos a revelação de cada equipe, disputado pelos jogadores que atuam pela 1ª vez no nosso torneio solidário. E tem uma premiação curiosa chamada ‘Pé de Curupira’, que é igual ao ‘Bola Murcha’, sendo dada ao pior jogador de cada time”, finaliza Robson.

Fraldas G e GG à FADA

Este ano, o ‘Jogo das Estrelas’ está apoiando a Fundação de Apoio as Instituições de Proteção a Pessoa Portadora de Deficiência (Fada), entidade de direito privado, sem fins lucrativos, que oferece fisioterapia, serviço social, psicologia, fonoaudiologia, jurídico, acompanhamento social, orientação INSS e Passe Livre. O atendimento da Fada se dá de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Os interessados em comparecer ao evento, no estádio da Colina, devem levar fraldas (tamanho G e GG).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.