Publicidade
Esportes
COMO UMA GATA!

Heroína de vitória do Iranduba, goleira fala das boas atuações em campo

Maike defendeu um pênalti no último minuto que garantiu a vitória do Iranduba sobre o Kindermann 23/08/2018 às 07:16
Show maikee 94aa8313 79c6 49a6 9c6f b7622f055cdc
Foto: Cintia Valadares/ Iranduba
Camila Leonel Manaus (AM)

A goleira Maike mede 1.73 de altura, mas foi uma gigante na vitória por 1 a 0 contra o Kindermann  na tarde desta quarta-feira (22), no estádio Carlos Zamith, Zona Leste de Manaus. Não bastasse as defesas importantes durante o segundo tempo, Maike teve a sua consagração quando defendeu o pênalti cobrado por Bianchi no último lance da partida. O segredo para as internvenções? Trabalho.

"A gente sabia que seria um grande jogo com duas equipes qualificadas. O Kindermann cresceu muito na competição e mostrou isso nesse jogo. O nosso time vem crescendo jogo a jogo. Jogou bem no último jogo contra o Sport e as defesas foram consequencias de um bom trabalho. Não foi algo que 'ah, aconteceu'. É trabalho. Quem não trabalha, não consegue fazer nada direito e hoje eu consegui fazer, graças a Deus", disse a goleira.

Apesar das boas atuações nas duas últimas partidas, quando voltou a ser titular, Maike sabe que no próximo jogo é uma nova história e promete seguir trabalhando. "Estou muito feliz pelo resultado e daqui pra frente vamos seguir trabalhando. Temos pela frente o Rio Preto, que é um time aguerrido e não tem segredo: é trabalhar e bola para frente".

Quanto às goleiras, o técnico Adilson Galdino usou na primeira fase o sistema de rodízio entre Rubi e Maike. Com o mata-mata, o técnico diz que terá uma dor de cabeça boa, mas que espera usar o que tem de melhor no jogo contra o Rio Preto.

"Nós temos boas goleiras: a Rubi, a Maike, a Sol e a Andrea que vem nos ajudando também, mas enfim...agora é hora de decisão, pegar o melhor do grupo, de cada atleta e ir para o mata-mata".

Publicidade
Publicidade