Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019
Craque

Goleiro Dida sofre luxação no ombro, mas promete seguir com os treinos no Fast

Goleiro do Tricolor sentiu o ombro no segundo tempo da partida contra o Unidos do Alvorada e de imediato fez tretamento com gelo.



1.jpg Goleiro Dida saiu do amistoso e foi direto fazer tratamento com gelo
02/02/2015 às 09:34

No jogo-treino realizado na tarde do último sábado (1), no campo da Ulbra, no Japiim, Zona Sul de Manaus, o goleiro do Fast, Dida, pediu para sair ainda no início do segundo-tempo da partida contra o time amador, Unidos do Nova Floresta, em que o Tricolor venceu por 5 a 2.

Dida, que ao longo da semana treinou com dores no ombro direito, preferiu sair da partida para não ocasionar uma lesão mais grave.

“Durante os treinos senti uma fisgada e fiquei dois dias tratando, só que estou em uma expectativa grande no Fast e não quis parar e dei seguimento no trabalho, sempre tratando e treinando”, disse o jogador, que apontou a lesão como uma luxação.

De olho na vaga de titular, o goleiro revelou que não vai parar os treinos, mas promete diminuir o ritmo.

“Eu vou tentar fazer os trabalhos que forcem pouco menos, mas vou continuar trabalhando. Quero dar seguimento naquilo que der e tratando em ritmo intensificado para ficar 100% e ajudar o clube”, afirmou o goleiro.

O Tricolor estreia no Campeonato Amazonense no dia 21 (sábado) deste mês, às 15h, contra o Iranduba. O confronto está marcado para o estádio da Colina.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.