Publicidade
Esportes
APÓS DERROTA

Goleiro do CDC Manicoré admite falhas, mas promete trabalhar para corrigir erros

Goleiro do CDc fala das falhas cometidas pela equipe e diz que irão trabalhar para conseguir o acesso 05/02/2017 às 01:21
Show goleiro
O goleiro participou de forma negativa nos dois gols do Tarumã (Foto: Antônio Lima)
Camila Leonel Manaus (AM)

O goleiro do CDC Manicoré, José Carlos, se mostrou decepcionado com a derrota frente ao Tarumã, por 2 a 0. Foi a terceira derrota em três jogos e o desempenho atrapalha nos planos da equipe de subir para a série A do Barezão.

Apesar do revés, o jogador ainda acredita que o CDC possa buscar o acesso nas três rodadas que faltam.

“A gente estava tão bem e acontece isso. Em todos os três jogos jogamos bem, tocamos bem a bola. A gente chega e não faz gol e acontece isso aí. Foram dois gols de falha e agora é trabalhar para nos três jogos que estão faltando a gente consiga nove pontos e ver se classifica. É meio complicado, mas vamos ver se a gente consegue isso aí”, declarou.

Falando em falhas, o arqueiro não se eximiu da culpa nos gols marcados pelo Tarumã. No primeiro tento, ele falhou ao tentar tirar a bola com os pés. No segundo uma confusão na área, ele afastou a bola nos pés do adversário, que não perdeu a oportunidade e marcou o segundo gol do jogo.

Mesmo falhando, José Carlos disse que jogar com os pés, tendência cada vez mais comum entre os goleiros ao redor do mundo, é algo comum para ele.

“Costumo sim (jogar com os pés). A gente sempre treina assim, esse fundamento com os pés, mas aconteceu uma falha. Foi falha, mas os melhores goleiros falham,  por que eu não poderia falhar? Vamos trabalhar mais um pouco e arrumar para não acontecer mais isso, né?”.

Tarumã e CDC voltam a se encontrar na terça-feira, às 20h, no estádio da Colina. Pode ser a chance do goleiro de se redimir e do time de Manicoré conseguir a primeira vitória.

Publicidade
Publicidade