Publicidade
Esportes
Inconformado

'Gosta de humilhar', Tiago Verçosa desabafa após ser dispensado do Fast

Mandado embora pela diretoria do clube nesta terça-feira (7), o atacante não poupou críticas ao técnico João Carlos Cavalo. Ex-camisa 9 do Tricolor acha que foi injustiçado ao ser sacado do duelo com o Santos-AP 08/03/2017 às 05:00
Show show anacional01
Verçosa "soltou o verbo" sobre sua saída do Fast Clube (Foto: Arquivo Jornal ACritica)
Denir Simplício Manaus (AM)

Dispensado do Tricolor após reunião entre comissão técnica e diretoria do clube, o atacante Tiago Verçosa decidiu falar sobre o ocorrido. Bastante indignado com a decisão da direção fastiana, o jogador não poupou críticas ao téncico João Carlos Cavalo e se disse injustiçado pelo comandante do Rolo Compressor.

Surpreendido com a notícia de seu desligamento do clube, o jogador disse não entender os motivos que levaram a sua saída do clube. "Eu perguntei por qual motivo eu estava sendo dispensando e fui informado pelo diretor Rodrigo (Novaes) que foi por opção do treinador João Carlos (Cavalo), que não queria mais contar com meu trabalho no Fast", explicou Verçosa.

"Nunca faltei um treino no Fast. Nunca cheguei atrasado e fiquei sabendo pela reportagem do Jornal A Crítica que o treinador disse que eu já iria ser dispensado do clube. Depois do jogo ele relator que fui substituído por indisciplina", pontuou o ex-camisa 9 tricolor.

Indignado

Tiago Verçosa lembrou o episódio que culminou em sua dispensa - ao ser sacado do jogo contra o Santos-AP ainda no primeiro tempo de jogo - e disse que teve sua imagem denegrida com a decisão do treinador João Carlos Cavalo.

"Esse treinador João Carlos é acostumado a fazer isso com os jogadores. Gosta de humilhar, sacanear os jogadores, Não tem humildade nenhuma. Isso que ele fez comigo no jogo não se faz. Inventou uma situação pra denegrir minha imagem, sendo que eu já iria ser dispensado", criticou o jogador.

Procurado pela reportagem do CRAQUE, o treinador João Carlos Cavalo preferiu não responder às críticas do ex-comandado. 

 

Publicidade
Publicidade