Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019
Esportes

Grand Slam de Jiu-Jitsu premia atletas e municípios do AM

Campeonato reuniu cerca de 800 atletas e marcou o encerramento do calendário esportivo da modalidade



slamano_07A64004-363C-46B8-BC79-460625A3B97F.JPG Foto: Divulgação
02/12/2019 às 17:08

A segunda edição do Grand Slam de Jiu-Jitsu Esportivo Gi e NO Gi, que aconteceu no último sábado (30), reuniu cerca de 800 atletas e marcou o encerramento do calendário esportivo da modalidade. O torneio foi realizado pela Federação Amazonense de Jiu-Jitsu Esportivo (Fajje) e contou com o apoio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto.

Com premiação em dinheiro e medalhas para os atletas, a competição premiou as três primeiras equipes e municípios colocados. Na categoria por equipes, a campeã foi GF Team, seguida do time Lucivam Alves. Em terceiro lugar, ficou Gracie Barra.



Já entre os municípios, subiram ao pódio Barreirinha, que conquistou o primeiro lugar, Itacoatiara, que ficou na segunda posição, e Manacapuru e Iranduba, que dividiram a terceira colocação da disputa.

Um dos destaques do Grand Slam foi Mica Galvão, que com apenas 16 anos estreou a recém-graduação na faixa roxa no campeonato. Para o pai e treinador, Melquisedeque Galvão, as conquistas alcançadas pelo filho cumpriram as expectativas em torno do jovem, que atua na modalidade desde criança.

“Mica é um atleta conhecido em vários lugares do mundo, iniciou no jiu-jitsu desde pequeno. Havia uma grande expectativa de como ele se sairia e, felizmente, ele não sentiu nenhuma pressão. Conseguiu finalizar todos os seus adversários e não sofrer nenhuma penalização”, enfatizou. 

O atleta Claudevan Martins conquistou três medalhas de ouro, entre elas na categoria Faixa Preta Master. Ele falou sobre o seu desempenho na competição. “Realizei quatros lutas no total com oponentes diferentes e finalizei todos. As lutas que disputei foram duras, com grandes nomes do jiu-jitsu amazonense”, disse.

De acordo com o presidente da Fajje, Luiz Netto, o evento fechou de forma satisfatória o ano de 2019 na modalidade e a federação já trabalha no cronograma de competições para 2020, visando o crescimento do esporte entre os jovens.

“Estamos satisfeitos com essa edição e focados no próximo evento, que será em fevereiro de 2020. Nossa meta é sempre estar em um crescente na realização de eventos, para cada vez mais promover o esporte com qualidade e motivar os atletas do Amazonas a se interessarem cada vez mais pela modalidade”, ressaltou.  

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.