Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Craque

Grua (AM) perde em casa e Goianos (GO) conquista vaga na semifinal da Copa Brasil de Rugby

O time de fora levou a melhor com um placar de 26 a 15 e passa para a próxima etapa da competição nacional: A semifinal.



1.jpg Os Goianos venceram o Grua e conquistaram a vaga para a semifinal da competição
28/07/2013 às 17:39

Em clima de revanche, Manaus recebeu as quartas de final da Copa Brasil de Rugby ontem (27) a tarde, no campo de futebol da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). No ano passado, Grua (AM) e Goianos (Go) se enfrentaram, em Goiânia, disputando o mesmo espaço.  E mesmo o time manauara jogando em casa, o episódio voltou a se repetir: Os Goianos venceram o Grua e conquistaram a vaga para  a semifinal da competição. A partida encerrou em 26 a 15.

A Copa Brasil foi uma realização da Confederação Brasileira de Rugby, em parceria com a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej).

O placar abriu em 3min30 do primeiro tempo, quando o camisa 10 Gabriel, da equipe do Goianos, marcou três  pontos contra o time amazonense. Mas, aos 7min30, Bené fez um try conseguindo arrematar cinco pontos para o Grua e virar o jogo. No chute de conversão, de dois pontos extras, João do Grua chutou para fora impossibilitando a ampliação da vantagem para 7 a 3.

Aos 16 minutos, a equipe de Goiânia conseguiu virar o placar marcando um try, levando a pontuação para 8 a 5. Na conversão, a equipe teve sucesso ampliando para 10 a 5 e deixando Manaus em desvantagem.

Aproveitando o descuido do adversário, Dudu, do Grua, conseguiu marcar um try, levando o jogo ao empate: 10 a 10. Mas, novamente João ao ter a oportunidade de fazer mais dois pontos pela conversão, errou e não ampliou para o time da casa.

Aos 30 min, os Goianos conseguiram converter uma penalidade e desempataram o jogo, fechando a primeira etapa em 13 a 10.

Segundo tempo

O segundo tempo começou ainda mais tenso, com a torcida de Manaus fazendo barulho para tentar dispersar o adversário. E a tática parece ter dado certo por algum tempo, pois aos 13 minutos de jogo, o marca-texto do Grua, Hiago, fez cinco pontos ao marcar um try, levando o jogo a 15 a 13.  Na conversão, João desperdiçou mais uma vez, dando adeus aos dois pontos extras.


Após, os Goianos lideram de vez a competição e o Grua “sumiu” do jogo.  Aos vinte minutos, o armador dos Goianos, Gabriel Caldeira, marcou um try e conseguiu ampliar para 18 a 15. Na conversão, o próprio Gabriel foi bem sucedido e abriu para 20 a 15.

Aos trinta, Gabriel novamente rendeu em campo e com um drop fez a pontuação subir para 23.

E no finalzinho, Gabriel mais uma vez deu o ar da graça e converteu uma penalidade marcando 26 a 15 para os Goianos, que fecharam a partida com  a vitória e a garantia da vaga à semifinal da Copa Brasil.

Goianos mantiveram o controle

Para o técnico e jogador do Goianos, Murilo Di Guimarães, a principal arma do time foi manter o controle, apesar de todas as adversidades,  como o desgaste da viagem, o forte calor e a falta da torcida.

“Independente da forma de jogo do Grua, a gente tentou aplicar a nossa e deu certo. Mantivemos o controle e jogamos principalmente com o coração. E isso surtiu efeito no placar”, afirmou Murilo.

O presidente do Grua, Marcelo Gordo, levou em consideração a falta de condicionamento físico para explicar a derrota do time amazonense.

“Tivemos duas equipes de níveis equiparados disputando. A nossa maior falha foi a falta de condicionamento. Foi um jogo justo e eles levaram a melhor sobre a gente. E apesar da derrota, mostramos uma bela Copa no sentindo da estrutura e organização, que estavam impecáveis. Isto nos abre portas”, comentou Gordo.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.