Publicidade
Esportes
Craque

‘Guerra declarada’: diretoria do Santos vai entrar na Justiça contra Neymar e o Barcelona

Pai e representante de Neymar, assim como o clube catalão, serão indiciados pela Justiça por conta da transferência do craque para o time espanhol 29/05/2015 às 11:32
Show 1
Santos entrará na Justiça contra Neymar por causa de erros no contrato com o Barcelona.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Guerra declarada. A diretoria do Santos Futebol Clube convocou a imprensa para um pronunciamento nesta sexta-feira (29), onde vai anunciar que entrará na Justiça contra Neymar e o Barcelona por conta da transferência do jogador, em 2013. Os dirigentes descobriram erros no contrato do atleta com o clube espanhol e acionarão o pai e representante do craque judicialmente.

A nova diretoria do Peixe, comandada pelo presidente Modesto Roma, vai acionar o jogador na Justiça por causa polêmica transferência do craque para o Barcelona, da Espanha.

Modesto Roma convocou a imprensa para declarar seu repúdio do time da Baixada Santista, nesta sexta-feira, na Vila Belmiro, onde vai a "guerra" contra os representantes de seu ex-jogador.

A diretoria santista resolver brigar na Justiça contra Neymar após descobrir novas informações em auditória realizada desde o início do ano.

A Comissão Fiscal do Santos, inclusive, foi bastante cobrada e contestada pela demora na investigação. No entanto, o departamento jurídico do Santos e uma empresa contratada tomaram a frente da situação. 

A negociação de Neymar para o Barcelona gerou diversas polêmicas desde o início por causa dos valores. A antiga diretoria santista confirmou oficialmente que recebeu 17 milhões de euros (aproximadamente R$ 49 milhões) para negociar o atacante. Já o Barcelona afirmou que pagou pelo craque cerca de 57 milhões de euros.

Publicidade
Publicidade