Sexta-feira, 17 de Janeiro de 2020
VITÓRIA DO AM

Hebert 'Matagal' conquista cinturão peso-leve do Taura em Porto Alegre

Em luta de cinco rounds, Matagal venceu Lúcio Curado por decisão unânime dos juízes e aumentou o número de vitórias no cartel: 15 vitórias, duas derrotas e um empate



1657cd12-261c-4ded-9d0c-5eed308aab37_12F56AD6-DDF1-48D2-B706-354A71F071ED.jpg Foto: Divulgação
25/11/2019 às 22:20

O lutador coariense de MMA, Herbert ‘Matagal’ Batista, da academia RCT (Renovação Coari Team), conquistou o cinturão da categoria peso-leve do Taura MMA, na madrugada desta segunda-feira (25), em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Em luta de cinco rounds, Matagal venceu Lúcio Curado por decisão unânime dos juízes e aumentou o número de vitórias no cartel: 15 vitórias, duas derrotas e um empate. 

“É uma sensação incrível, essa luta era uma luta muito dura, então tive que ser mais um pouco estratégico e funcionou bem. Esse momento na minha carreira está sendo muito boa e isso significa que eu estou no caminho certo”, disse o atleta.



“Chegar em um evento desse porte, que passou ao vivo para vários países, contra um oponente duríssimo, valendo cinturão e eu me sair super bem em uma luta de 5 rounds... Me senti realizado! Foi uma confirmação de que eu estou preparado para chegar bem em eventos maiores mundo a fora”, completou o coariense Herbert Matagal.

O técnico de Matagal, Isaías Cunha, exaltou o trabalho ao lado do atleta e a atuação no evento Taura MMA.

“O Matagal é um atleta que treina de tudo, tem a mão muito dura para a categoria. Então a estratégia foi a trocação em cima  e evitar a luta de chão, mas se fosse para o chão era manter a tranquilidade e voltar para a luta em pé. Isso que foi feito e graças a Deus deu certo”, frisou o técnico do lutador, Isaías.
 Vitrine do UFC
Dono do cinturão do Taura MMA, o lutador Matagal está na mira da maior organização do mundo de artes marciais mistas, o UFC (Ultimate Fighting Championship), e o técnico Isaías Cunha indicou fatores importantes para chegada do atleta à entidade.

“É um evento que tem uma ligação forte com o UFC, porque o dono do cinturão do Taura fica mais próximo do UFC. Então é uma vitrine muito grande para os atletas que querem chegar à maior competição de MMA do mundo. E a cada vitória nós estamos mais próximos de realizar os sonhos do Matagal, que é muito talentoso”, concluiu o treinador Isaías Cunha.

News 48367672 1136721996505445 2342939255929569280 n 2dad860c 0057 4e2e b7f5 f53181960f2f
Repórter do Craque
Jornalista formado na Ufam, campus de Parintins. Estudante de pós-graduação em jornalismo esportivo na Universidade Estácio de Sá. Repórter do Caderno de Esporte ‘Craque’ de A Crítica desde novembro de 2018.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.