Publicidade
Esportes
Craque

Hernane se isola na artilharia e deixa Flamengo na liderança

Foi o quinto gol do jogador em cinco jogos, sendo artilheiro isolado do Rubro-Negro neste início de ano 04/02/2013 às 12:26
Show 1
Hernane comemora gol feito contra o Nova Inguaçu
A crítica Manaus (AM)

Novamente Hernane decidiu uma partida para o Flamengo neste Campeonato Carioca. Na partida contra o Nova Iguaçu, na tarde de ontem, no Engenhão, o atacante foi o autor do gol da vitória rubro-negra por 1 a 0, em partida válida pela quinta rodada da Taça Guanabara, primeiro turno do torneio. Foi o quinto gol do jogador em cinco jogos, sendo artilheiro isolado do Rubro-Negro neste início de ano.

Com a vitória, o Flamengo chega aos 13 pontos, retornando à liderança isolada do Grupo B da Taça Guanabara. O Nova Iguaçu ocupa a sexta posição do Grupo A, com apenas quatro pontos conquistados.

Devido à intensa chuva no Engenhão na tarde de domingo, os jogadores de Flamengo e Nova Iguaçu não conseguiram desenvolver um bom futebol no primeiro tempo. O gramado pesado prejudicou o bom toque de bola e, assim, poucas chances de gol foram criadas nos 45 minutos iniciais.

Diferentemente do visto no clássico contra o Vasco, na quinta-feira passada, o futebol praticado pelo Flamengo não foi brilhante. O volante Elias não conseguiu colocar velocidade em suas jogadas e o atacante Rafinha não desequilibrou quando o Rubro-Negro chegava ao ataque, por exemplo. Foi nítida a falta de continuidade.

Duas jogadas vistas durante o primeiro tempo valem ser destacadas. A primeira a favor do Nova Iguaçu, aos 27 minutos. Flavio cabeceou a bola após cruzamento e Léo Moura evitou o gol, tirando a bola em cima da linha. E a segunda foi a favor do Flamengo, aos 39, quando Cáceres subiu mais alto e cabeceou com perigo para o gol.

O panorama do segundo tempo mudou um pouco apenas, já que a intensa chuva vista na etapa inicial diminuiu significativamente. Logo aos seis minutos, João Paulo recebeu a bola na esquerda, avançou na linha de fundo e cruzou para Hernane, que acabou não conseguindo desviar a bola para o gol e abrir o marcador a favor do Flamengo.

Pouco após, aos 16 e 17 minutos, o técnico Dorival Júnior resolveu fazer duas alterações. Tirou Nixon e Léo Moura, colocando Cleber Santana e Rodolfo, respectivamente.

E as mudanças surtiram efeito logo depois. Rodolfo chegou à grande área e a bola acabou sobrando para Hernane, artilheiro e matador, estufar as redes. Flamengo na frente, 1 a 0. O gol fez o atacante seguir com a média de um gol por partida com a camisa rubro-negra nesta temporada.

Publicidade
Publicidade