Publicidade
Esportes
Craque

Histórico: Flamengo iguala série de seis vitórias seguidas à da ‘Era Zico’, de 1978 e 1982

Ao vencer a Chapecoense, Rubro-Negro igualou número de seis triunfos em sequência do Brasileirão. Caso vença o Coritiba, na quinta (17), recorde de vitórias será quebrado 14/09/2015 às 15:00
Show 1
O Flamengo chegou à sexta vitória seguida ao vencer a Chapecoense na Arena Condá
ACRÍTICA.COM Manaus (AM)

O Flamengo chegou ao G-4 do Campeonato Brasileiro na 24ª rodada, depois da vitória sobre o Cruzeiro, mas este foi apenas um resultado positivo de uma série invicta de seis vitórias no torneio. Nos confrontos, foram 14 gols marcados e apenas três sofridos - dois de pênalti -, o que evidencia a força ofensiva do elenco e a evolução do setor defensivo.

Na lateral do campo, o aproveitamento de Oswaldo de Oliveira é de 100% desde que assumiu a equipe, no primeiro jogo do returno, contra o São Paulo, o que também qualifica o Rubro-Negro como melhor time do campeonato neste período.

Com um segundo turno perfeito, depois da vitória por 3 a 1 sobre a Chapecoense no último domingo (13.09), o Flamengo de 2015 igualou o recorde de vitórias consecutivas dos times de 1978 e 1982, anos em que a geração de ouro do clube desfilava seu futebol dentro das quatro linhas. Se na era dos pontos corridos do campeonato nacional, o Mais Querido já tem o recorde absoluto, em caso de mais uma vitória na próxima rodada, a marca será a maior da história do Rubro-Negro em Brasileiros.

Após a partida, o técnico Oswaldo de Oliveira recordou a sequência de vitórias do Fla em 1992, mas voltando aos dias atuais, o técnico pregou que o time precisa continuar com os pés no chão.

“Me lembro bem da arrancada de 1922. Foi linda mesmo. Lembro que o Flamengo perdeu um jogo para o Sport no Maracanã e todo mundo deu o Flamengo como vencido. E aí teve a arrancada com o Carlinhos, saudoso, meu ídolo. A lembrança é muito boa desse tempo. Acho fundamental que se transpire otimismo, é importante, mas vamos com humildade, pés no chão. A partir do momento em que eles (jogadores) conseguem colocar na prática o que treinam, ganham confiança”, disse o treinador.

Mas se depender dos jogadores, a entrega dentro de campo irá continuar até a última rodada. Foi o que garantiu o lateral direito Pará.

"Jogar em Chapecó não é fácil, todos sabem. E mesmo sem alguns jogadores à disposição, nos acertamos e mostramos que o elenco é forte. Aqui não há vaidade, somos amigos e, o principal, queremos o melhor para o Flamengo. A gente sua sangue dentro de campo e será assim até o final do Brasileiro. Podem acreditar", afirmou.

Na era dos pontos corridos, a série máxima atingida pelo Flamengo era de cinco vitórias, em 2007 e 2014. 

1978:

20/04 - Americano 0 x 1 Flamengo

23/04 - Bangu 1 x 4 Flamengo

27/04 - Flamengo 2 x 1 Nacional-AM

30/04 - Flamengo 2 x 1 Portuguesa

04/05 - Flamengo 2 x 0 Paysandu

07/05 - XV de Piracicaba 1 x 2 Flamengo

Treinador: Joubert (Cláudio Coutinho assumiria em agosto de 1978)

Partida que interrompeu a sequência: Corinthians 1 X 1 Flamengo, em São Paulo.

1982 (Flamengo foi bicampeão brasileiro):

20/01 - Flamengo 3 x 2 São Paulo

24/01 - Náutico 3 x 4 Flamengo

28/01 - Flamengo 5 x 0 Treze

31/01 - Flamengo 3 x 0 Ferroviário

07/02 - Treze 1 x 3 Flamengo

10/02 - Ferroviário 1 x 2 Flamengo

Treinador: Paulo César Carpegiani

Partida que interrompeu a sequência: Flamengo 1 X 1 Náutico, em casa.

2015:

23/08 - Flamengo 2 x 1 São Paulo

30/08 - Sport 0 x 1 Flamengo

02/09 - Flamengo 3 x 0 Avaí

06/09 - Fluminense 1 x 3 Flamengo

10/09 - Flamengo 2 x 0 Cruzeiro

13/09 - Chapecoense 1 x 3 Flamengo

Treinador: Oswaldo de Oliveira

Publicidade
Publicidade