Publicidade
Esportes
Futebol Feminino

Campeonato Brasileiro! Hulk se prepara para lutar contra o Corinthians nos Tribunais

O Iranduba solicita que CBF puna Corinthians no Campeonato Brasileiro Feminino. 07/04/2016 às 18:15 - Atualizado em 07/04/2016 às 19:54
Show bid
No BID, Rafaela aparece registrada apenas no dia 24 de março.
Valter Cardoso Manaus-AM

O diretor do Iranduba-AM, Lauro Tentardini, anunciou que vai solicitar que a Confederação Brasileira de Futebol acione o Superior Tribunal de Justiça Desportiva e denuncie o Corinthians por escalação de jogadora irregular nas duas últimas rodadas da segunda fase do Campeonato Brasileiro Feminino.

A atleta Rafaela Miranda passou a integrar o time do Corinthians no draft, quando atletas da Seleção foram escolhidas pelos times da segunda-fase do campeonado. O detalhe é que ela foi inscrita apenas no dia 24 de março, dois dias após o fechamento da janela. Mesmo assim, a atleta atuou nos jogos contra o Flamengo e São José, nos dias 30 de março e 06 de abril.

“Eu deixo bem claro que no draft da CBF não teve acerto nenhum para que a jogadora da seleção pudesse entrar depois no BID. Todos os clubes fizeram a tranferência normal, pagamos as taxas. Pediram que respeitássemos os prazos e nós fizemos isso”,  declarou Lauro, ao cobrar um posicionamento da CBF.

No regulamento do Brasileiro Feminino de 2016,  a CBF estabelece o dia 22 de março como prazo final para inscrição de novas atletas.

O artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva prevê que, em casos de utilização de atleta em situação irregular, a equipe perde os pontos máximos de uma partida e os pontos conquistados nos jogos em que o jogador participou. Isso significa que, se confirmada a irregularidade da atleta do Corinthians, o time paulista pode perder 9 pontos.  Com isso, o time ficaria com pontuação negativa de 5 pontos e não teria possibilidade de se classificar para a próxima fase.

“Se a CBF não for atrás disso, eu tenho certeza que o STJD,  ao ser provocado pelo Iranduba, pelo Flamengo e pelo São José responderá de forma positiva. A jogadora está irregular”, finalizou Lauro.

O Sport Club Corinthians Paulista respondeu ao CRAQUE que não recebeu nenhuma notificação da CBF quanto ao caso e por isso não tem nada a declarar no momento

A Confederação Brasileira de Futebol ainda não se pronunciou sobre o caso.

Publicidade
Publicidade