Publicidade
Esportes
IRANDUBA

Igor Cearense realiza primeiro treino como técnico do Hulk

A atividade foi no CT Barbosa Filho, na Zona Leste de Manaus, e focou na parte ofensiva e velocidade do Hulk 27/09/2018 às 18:57
Show zcr0328 01f f52640ef 237d 4e6b bfb5 503c3871d393
Foto: Winnetou Almeida
Camila Leonel Manaus (AM)

Durante o mês de setembro, Igor Cearense já tinha como rotina acompanhar os treinos do time do Iranduba na condição de coordenador técnico. Porém, o treino na manhã do dia 27, no CT Barbosa Filho, Zona Leste de Manaus, foi o primeiro na condição de treinador, após o anúncio oficial do clube no fim da tarde de quarta-feira.

As apresentações não foram necessárias, mas Igor admite que conversou com o grupo antes do início das atividades, a pauta principal era sobre dar continuidade o trabalho de Adilson Galdino. Igor admite que o trabalho que já foi iniciado e consolidado ajuda muito. 

“Estava nessas semanas acompanhando o trabalho e isso criou uma aproximação. Elas se doam muito e hoje a conversa foi boa. Sou um cara exigente, não sou chato, m as sou exigente dentro do trabalho. Elas assimilaram bem o que venho passando, têm um nível de concentração  grande, estão bem focadas e bem fisicamente, então isso é muito bom”.

Após o aquecimento, o time trabalhou com bola em campo reduzido. A intenção do treinador na preparação do Campeonato Amazonense é acertar o ataque para que seja produtivo, além das triangulações e variações nas jogadas de ataque. “Queremos mostrar para elas qual é o nosso objetivo e visar mais o gol, ter uma posse de bola boa e variações de jogada. Também queremos trabalhar a marcação por pressão”, explicou.

A tranquilidade do técnico era visível e a nova responsabilidade não assusta o técnico que se diz feliz com o reconhecimento do trabalho feito no Manaus e no time feminino do Penarol, onde teve a primeira experiência no futebol feminino. Igor assegura que não há diferenças de treinar times masculinos e feminino – inclusive ele treina o Iranduba feminino pela manhã e o masculino à tarde – e que a principal diferença que encontrou quando trabalhou pela primeira vez com mulheres foi a questão de ter que passar suas ideias em poucos treinos já que as jogadoras que atuavam pelo time da Velha Serpa ano passado conciliavam o futebol com outros empregos. 

“A gente não tinha muito tempo para treinar porque as meninas trabalhavam. A competição era curta e a gente treinava uma vez ou outra à noite, mas elas assimilaram bem rápido e a gente fez uma boa campanha. Já aqui no Iranduba, o fato delas terem uma dedicação total facilita e espero passar experiências que tive no futebol amazonense como ex-atleta e hoje como treinador. Esse foco delas ajuda muito”, conta.

O primeiro teste de Igor à frente do Hulk será no dia 4 de outubro contra o Atlético Amazonense pelo Barezão Feminino no estádio da Colina, às 20h.

Publicidade
Publicidade