Sábado, 17 de Agosto de 2019
PELADÃO 2019

Inscrições para o Peladão foram prorrogadas até o dia 27 de julho

O coordenador da competição Arnaldo Santos revelou que mais de 800 equipes amadoras tem intenção de participar



zCR0212-03_p01_F2BAB6D5-ADFC-4599-AF12-8B84E98F5816.jpg Foto: Arquivo AC
22/07/2019 às 21:16

As inscrições para a disputa do Peladão 2019 foram prorrogadas até o próximo sábado, dia 27 de julho. A informação foi confirmada coordenador da competição Arnaldo Santos, na tarde de segunda-feira (22). 

“Nós prorrogamos por mais sete dias. Iríamos encerrar no sábado (20 de julho). Mas estava lotado de gente aqui na sede, e não tinha mais tempo para inscrever todo mundo”, explicou. 

Arnaldo Santos destacou a grande procura dos clubes amadores de Manaus nas quatro categorias: Principal, Master, Feminino e Peladinho. 

“Até o momento temos um bom número de times com intenção. Porque nós só consideramos inscritos quando trazem toda a documentação .Então nós temos no Principal 561 times com intenções; Feminino são 60 intenções; Master tem 184 intenções e no Peladinho 79 intenções. Tudo isso soma um total de 884 times com intenções de participar”, declarou Santos que explicou o processo de inscrição, caso mais equipes amadoras tenham o interesse em participar da edição deste ano.

“Se quiserem participar, os representantes tem que vir na Sede do Peladão (localizada na rua Joaquim Sarmento, Centro de Manaus). Nós fazemos o protocolo, damos a ficha de inscrição. Os clubes tem ainda Rainha, com todas as documentações pessoais. E aí só confirmamos a participação se a Rainha da equipe comparecer na abertura do campeonato, pois se não for, o time é automaticamente eliminado”, finalizou o coordenador do Peladão. 

A abertura do Peladão está marcada para acontecer no dia 17 de agosto.

Receba Novidades

* campo obrigatório
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.