Quinta-feira, 29 de Outubro de 2020
COMPLICOU

Inspirada, Stefane faz boas defesas mas não salva Iranduba de derrota

A arqueira entrou aos 38 do primeiro tempo após a expulsão de Sol e fez defesas sensacionais, porém não foi o suficiente para impedir a derrota do Hulk, que terminou com nove em campo contra o São Paulo



WhatsApp_Image_2020-09-30_at_16.03.47_4350C811-A9F8-44CD-BE82-43BE2771772D.jpeg (Foto: João Normando)
30/09/2020 às 16:39

O Iranduba foi derrotado pelo São Paulo na tarde desta quarta-feira (30), no CT de Cotia, na capital paulista. O gol foi marcado por Duda aos 23 minutos do segundo tempo. O placar foi magro, mas poderia ter sido mais pelas chances criadas pelas são-paulinas, principalmente no segundo tempo, foi ai que apesar das adversidades da partida, brilhou a estrela de Stefane, que foi o nome do jogo. A arqueira entrou aos 38 do primeiro tempo após a expulsão de Sol e fez defesas sensacionais no segundo tempo, porém, não foi o suficiente para impedir a derrota do Hulk, que terminou com nove em campo, já que além de Sol, Petra também acabou expulsa no segundo tempo.

Com o revés, o Iranduba perde outra preciosa chance de sair da zona de rebaixamento, já que o Minas Icesp foi derrotado por 3 a 1 pelo Corinthians – a segunda derrota seguida do time de Brasília, que está um ponto a frente das amazonenses e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, as duas equipes se enfrentam em Manaus às 15h (horário de Manaus) de segunda-feira (5) no jogo que pode praticamente selar o destino das equipes no Brasileiro.



O jogo

O São Paulo entrou em campo fazendo seu papel de mandante: tomou a iniciativa do jogo e criava jogadas para chegar ao campo de defesa do Hulk, mas não conseguia infiltrar na defesa do time amazonense, enquanto as visitantes aproveitavam os espaços para sair no contra ataque. As principais investidas saíram dos chutes de longa distância de Nath Pitbull. O jogo era equilibrado até os 37 minutos até que Carol recebeu uma boa póla em profundidade, colocou na frente e iria entrar na área sozinha. Sol saiu do gol para abafar e acabou fazendo a falta na atacante tricolor. Resultado: cartão vermelho direto. Com isso Stefane entrou e Thais saiu. O Iranduba teria que se segurar com uma a menos.

Com uma a mais, o São Paulo passou a investir mais no ataque. Primeio Natane cobrou falta – em cima da Carol, que resultou na expulsão da goleira do Hulk – e a bola foi no travessão. Depois Cris chutou de longe e a bola bateu na trave e saiu. No último lance, Carol recebeu um lançamento de Lauren e saiu na cara do gol, Petra recua para Stefane, que espalma fraco e sobra para Carol, mas a goleira se recupera no lance e salva o Iranduba.

No segundo tempo, o São Paulo voltou determinado a marcar e começou o bombardeio na área do Hulk. Yaya chutou de longe, Giovana tenta cabecear após cobrança de escanteio, Duda tenta de dentro da área, Cris tentou cruzado...foi finalização de tudo que é jeito, mas a goleira do Iranduba sempre estava bem posicionada para evitar o gol. Porém, aos 23 minutos, Duda recebeu na esquerda, entrou na área livre e chutou sem dar chances para Stefane operar mais um milagre.São Paulo 1 a 0.

E o que já parecia ruim ficou ainda pior quando Petra dá uma entrada forte em Carol aos 30 minutos e acabou levando cartão vermelho direto. Com duas a menos, restou às amazonenses se segurar para não levar mais gols e muito disso se deve à goleira do Iranduba que evitou que o Tricolor ampliasse.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.