Sábado, 24 de Agosto de 2019
Craque

Iranduba da Amazônia sofre virada e está fora do Brasileirão de futebol feminino

O time do interior do Amazonas fez 2 a 0 no placar, mas teve um “apagão” e acabou deixando o time do Maranhão fazer 5 gols na etapa final. Equipe feminina era o único representante do futebol profissional Baré em atividade em 2014



1.jpg Iranduba sofreu a virada e foi eliminado do Brasileirão feminino de futebol.
05/10/2014 às 19:46

Não deu novamente. O futebol do Amazonas mais uma vez ficou pelo meio do caminho. Desta vez foi com as mulheres do time do Iranduba da Amazônia, que sofreu derrota na tarde deste sábado (4) na partida decisiva contra o Viana-MA, em São Luiz pela última rodada da primeira fase do Brasileirão de futebol da categoria. Com mais esse revés o torcedor amazonense só curtirá bola rolando entre os profissionais em 2015.

O Alviverde Irandubense (apelido do clube) precisava vencer e ainda contar com um tropeço do Caucaia-CE para seguir adiante na competição. O Pinheirense-PA até ajudou o time do município de Iranduba (localizada a 39 quilômetros de Manaus) batendo as cearenses pelo placar de 3 a 2 de virada. No entanto, as meninas da equipe amazonense não conseguiram obter o resultado e, consequentemente, a classificação.

O jogo começou com as donas da casa pressionando as amazonenses, mas contando sempre com o bom posiocionamento da zagueira Kelly, o Iranduba se segurava bem lá atrás. O sufoco seguiu até os 35 minutos da fase inicial quando a centroavante do Alviverde foi derrubada na área e o árbitro marcou a penalidade. Erika bateu o pênalti e abriu o placar para o time do interior do Amazonas.

O gol sofrido deixou o time do Viana atordoado e o Iranduba começou a criar mais jogadas de ataque. Foi em uma dessas investidas que o clube amazonense aumentou o marcador. Erika subiu no terceiro e andar e escorou o ótimo  cruzamento de Rose. Viana-MA 0 x 2 Iranduba. E assim terminou o primeiro tempo e as meninas do Alviverde seguiram para o intervalo com bela vantagem no marcador.

15 minutos de apagão e derrota

A volta para o gramado para os 45 minutos restantes foi um verdadeiro pesadelo para a equipe que teve o comando interino de José Said. Por conta de compromissos militares, o treinador principal, Olavo Dantas não pode estar na partida. Em 15 minutos em que a equipe se perdeu completamente em campo, o Viana-MA se aproveitou e marcou quatro vezes. Foi o bastante para o time perder o norte e o jogo.


Logo aos 3 minutos, numa bola rifada na área do time amazonense, Alessandra chutou mal, mais acertou o gol e diminuiu o placar. Aos 9 foi a vez da centroavante Fernanda arriscar de fora da área e a goleira Taty falhar feio. O empate ainda garantia a vaga do Alviverde Irandubense na fase de mata-mata do Brasileirão. No entanto, as coisas ficaram ainda piores quando um minuto depois Moara aproveitou o apagão do time amazonense e marcou o gol da virada: 3 a 2 para as maranhenses.

Não parou por aí, aos 15 minutos, em cobrança de falta que encobriu a arqueira amazonense, a camisa 10 do Viana-MA jogou o Alviverde de quatro no gramado do Nhozinho Santos, em São Luiz: 4 a 2 para as donas da casa. A jogadora Lu ainda fez o terceiro do Iranduba, aos 37 minutos, o que chegou a dar ânimo às meninas do Amazonas. Mas o golpe de misericórdia veio aos 45 minutos com o gol de Fernanda que driblou duas adversárias e venceu mais uma vez a goleira Taty.

Fim de jogo e do sonho do Iranduba de seguir na competição. O Iranduba terminou a competição com quatro pontos, assim como o Viana-MA e o Caucaia-CE, porém, o time do Ceará ficou com a vaga pelo saldo de gols.

Ficha Técnica

Estádio: Nhozinho Santos-MA

Árbitro: Paulo Sérgio Santos

Assistentes:  Kenis Cassandra de Oliveira e Sérgio Henrique Campelo

Gols: Erika de pênalti aos 35” e aos 39”, Alessandra as 3” do 2º tempo; Fernanda aos 9” do 2o tempo; Moara aos 10” do 2º tempo; Correa aos 15” do 2º tempo; Lú aos 37” do 2º tempo para o Iranduba e Fernanda aos 45” do 2º tempo para o Viana-MA

Viana: Isabella, Perla, Genir, Rose, Tata, Besouro, Alessandra (Rato), Moara (Adriana), Correa, Fernanda, Andressa. Técnico: Marquinho Fumê.

Iranduba: Taty, Layde, Naiara (Carla), Kelli, Lindiara (Hilery), Ariana, Rose, Craque, Tati (Irlen), Erika, Lú. Técnico: José Said


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.