Publicidade
Esportes
JOGÃO

Iranduba empata com Corinthians no Brasileirão Feminino e segue na cola do líder

O jogo foi marcado por dois tempos distintos. Se no primeiro tempo da partida o jogo demorou a engrenar, no segundo as emoções duraram até o apito final 05/07/2018 às 22:32
Show jair
Foto: Jair Araújo
Valter Cardoso Manaus (AM)

O confronto era entre líder e vice-líder do Grupo 01 do Brasileirão Feminino e o clima da disputa era de uma verdadeira final. Em jogo de final eletrizante, Iranduba e Corinthians empataram em 1 a 1, na noite desta quinta-feira na Arena da Amazônia.

O jogo foi marcado por dois tempos distintos. Se no primeiro tempo da partida o jogo demorou a engrenar, no segundo as emoções duraram até o apito final. O time paulista saiu na frente logo aos 4 minutos, com Millene e o Iranduba empatou aos 35 com Priscila. Com o resultado, o Hulk da Amazônia segue na segunda posição, três pontos atrás do líder Corinthians.

“A equipe vem evoluindo, vem crescendo, o torcedor que está aí está acompanhando. A tendência é crescer cada vez mais, a equipe vai se fortalecer e jogamos diante de uma equipe muito poderosa. Acho que o empate ficou bom para os dois lados”, analisou Adilson Galdino, técnico do Iranduba.

Na próxima rodada, no dia 11 deste mês, o Hulk da Amazônia enfrenta o São José, em São José dos Campos.

O jogo

As duas equipes entraram em campo com cautela e a maior parte do jogo ficou concentrada na região central do campo. Logo nos primeiros minutos, o Iranduba ensaiou uma pressão e conseguiu se aproximar da zaga corinthiana, principalmente pelo lado esquerdo do ataque. Pouco a pouco a equipe paulista passou a dominar a posse de bola e controlou as ações do jogo, sem criar grandes chances. Na reta final do primeiro tempo, o Hulk voltou a crescer, mas também não conseguia finalizar com perigo.

Após o intervalo, o time da casa parecia disposto a sair na frente do placar. A equipe adotou uma postura mais ofensiva, adiantou a linha de marcação, mas justamente em um lance de contra-ataque, o Corinthians abriu o placar, logo aos 4 minutos. O time paulista aproveitou jogada de velocidade e obrigou a goleira Rubi a se adiantar para fazer o corte mas, no rebote, Millene teve o gol livre para marcar.

Com o placar inaugurado, o jogo ganhou em emoção. O Iranduba passou a buscar a igualdade no placar. Aos 36, o esforço deu resultado. Em cobrança de falta, Priscila contou com o desvio da barreira para empatar a partida.

O jogo ficou eletrizante na reta final, as duas equipes se lançaram ao ataque, o Iranduba chegou a ter uma jogar expulsa nos acréscimos, mas o jogo acabou empatado em 1 a 1.

Publicidade
Publicidade