Segunda-feira, 15 de Julho de 2019
BRASILEIRÃO

Iranduba empata com Foz Cataratas-PR e entra temporariamente no G8

Com a pausa para a Copa do Mundo de futebol feminino, Hulk só volta a jogar em julho



IMG-20190517-WA0303_45308B6B-49C0-4258-AED9-C0AD3B1AF713.jpg Foto: Antônio Lima
18/05/2019 às 07:44

Em jogo valido pela ultima rodada do Brasileiro Feminino serie A 1 antes da pausa para o Mundial Feminino, Iranduba e Foz Cataratas empataram em 0 a 0 na noite dessa sexta-feira (17), no estadio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus.

Com o resultado o Iranduba soma 11 pontos e entra temporariamente no G8 da competicão subindo duas colocações. Assim, o Hulk ultrapassa o São José-SP, que foi derrotado nesta rodada, e Vitória-BA que ainda vai jogar neste sábado (18) contra o Flamengo.

A zagueira Jujuba lamentou o empate jogando em casa, e comentou sobre os trabalhos a serem feitos durante a pausa da competição.

"A gente sempre espera os três pontos, infelizmente não veio, mas a luta continua cada dia mais. A gente tem agora essa parada e vamos focar nos treinamentos para focar na volta pra nesse segundo turno conseguir a classificação", disse Jujuba.

As meninas do Hulk só voltam a campo em jogo fora de casa diante do Vitória-BA no dia 10 de Julho.

O jogo

Em inicio movimentado, o Iranduba foi quem partiu ao ataque primeiro, e aos 2 minutos Mayara acertou belo passe da intermediária para Karla que recebeu dentro da grande área, mas na hora do arremate a goleira Jessica, do Foz Cataratas, fez a defesa.

As meninas do Hulk seguiam pressionando as adversarias e com 10 minutos marcado no relogio, o Iranduba apostava nas jogadas ensaiadas em bola parada, enquanto as visitantes tentavam sair no contra-ataque.


E a peleja foi amornando, pois o Iranduba com a bola nos pés começou a errar muitos passes, e o Foz apenas se fechava no seu campo defensivo.

Aos 35 minutos, o Foz Cataratas chegou com perigo ao ataque na jogada individual pela direita da atacante Jayane que invadiu a area defensiva do Hulk, deu corte seco na zagueira Monalisa, mas na hora da finalização acabou parando na goleira Quezia.

No fim da primeira etapa, o jogo voltou a ficar movimentado e aos 40 minutos Mayara teve a chance de abrir o placar driblando a goleira Jessica, mas finalizou fraco para o gol e a lateral esquerda Isabela conseguiu cortar pra linha de fundo.

Na volta do intervalo as duas equipes apresentaram uma proposta de jogo ofensiva deixando a partida em aberto. Mas isso até os 10 minutos com a queda de rendimento dos times.

Com o jogo cada vez mais truncado, o Iranduba passsou a jogar por uma bola, e na escapada de Deise pela direita após passe milimetrico de Yoreli, o Hulk quase abre o placar aos 16 minutos. Em lance individual da atacante Deise pra cima de Jaqueline, na hora do chute dentro da pequena área, a finalização saiu fraca e a bola ficou nas mãos da goleira.

Aos 35 minutos, a partida foi ficando faltosa e no desespero o Iranduba ainda tentava chegar ao ataque explorando a velocidade de Deise, mas a defesa do time parananense continuava firme bloqueando as jogadas ofensivas das meninas do Hulk.

Aos 41 minutos o Iranduba teve mais uma grande oportunidade com Amanda, que na entrada da grande area arriscou o chute, mas mandou a bola por cima da meta do Foz Cataratas.

Aos 46 minutos, Djeni cobrou falta na área, e no bate e rebate, Karla cabeceou na sobra, mas a goleira Jessica salvou segurando o empate do jogo.

Receba Novidades

* campo obrigatório
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.