Publicidade
Esportes
Iranduba

Iranduba entra com mandato de segurança no STJD e joga Amazonense de Futsal na noite desta sexta-feira

O time de futsal havia sido excluído de competições estaduais pela Confederação até dezembro de 2019 após desistir da Taça Brasil 30/09/2017 às 13:40 - Atualizado em 30/09/2017 às 13:44
Show iranduba futsal1
(Foto: Divulgação/ Iranduba)
acritica.com Manaus (AM)

O Iranduba entrou com pedido de liminar de mandado de segurança no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para disputar o Campeonato Amazonense de Futsal.  O clube afirmou que entrará em quadra às 20h30 para jogar contra o São Raimundo na Mini Vila Olímpica do Coroado, Zona Leste de Manaus.

O pedido foi feito pela Diretora Jurídica do Clube Armineyde Abtbol e os advogados Thiago Gorni e Osvaldo Sestário após a Federação Amazonense decidir punir adminstrativamente a equipe, o que, segundo a advogada, é uma decisão abusiva.

 "No dia 27 de setembro, o presidente da Federação, convocou uma reunião extraordinária, para tratar da desistência do Iranduba de competir o campeonato nacional pela Confederação por falta de recursos. O presidente da Federação puniu adminstrativamente o clube de forma arbitrária e ilegal. Conforme previsão legal no art 111 do Código Brasileiro da Justiça Desportiva a imposição de sanções de suspensão somente serão aplicadas após Homologação da Justiça Desportiva, ou seja, uma decisão administrativa não tem a validade jurídica de excluir um clube do campeonato. O ato foi ilegal e abusivo. O devido processo legal não foi obedecido. Eu, Armineyde Abtibol como Diretora Jurídica do Iranduba juntamente com os Drs. Thiago Gorni e Osvaldo Sestario impetramos no STJD um Mandado de Garantia com Pedido de Liminar para garantir o Direito Líquido e Certo do Iranduba prosseguir disputando a competição estadual de 2017(Adulto), e nos seguintes anos", declarou.

Inicialmente, a Confederação Brasileira de Futsal havia anunciado, na última quarta-feira, a suspensão do clube amazonense por dois anos de competições nacionais após desistir de participar da Taça Brasil dois dias antes do início da competição que começou na última segunda-feira em Contagem, em Minas Gerais. A decisão da CBFS excluiria o time de futsal do Iranduba de participar do Campeonato Amazonense de Futsal adulto e Sub-20.

 

Confira a Nota do Iranduba:

O Esporte Clube Iranduba da Amazônia vem a público informar que impetrou Mandado de Garantia com Pedido de Liminar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) através da Diretora Jurídica Dra. Armineyde Abtbol, e os advogados Thiago Gorni e Osvaldo Sestário em face da Federação Amazonense de Futsal, porque a FAFs ter violado direito líquido e certo do clube disputar hoje às 20h30 a 2a rodada do Campeonato Amazonense de Futsal 2017 - Adulto Feminino, uma vez que a punição ao clube deverá ser imposta ainda pela Confederação Brasileira de Futsal e homologada pelo STJD do Futsal, OBSERVANDO O REGULAMENTO E LEGISLAÇÃO VIGENTE, RESPEITANDO A CATEGORIA E GÊNERO. Portanto como ainda pendente o devido Processo Legal, o presidente do clube vem informar que a equipe entrará em quadra às 20h30 de hoje.

Publicidade
Publicidade