Quinta-feira, 02 de Abril de 2020
EM SÃO PAULO

Iranduba esmaga Ponte Preta e estreia com vitória no Brasileirão

Mesmo fora de casa, guerreiras do Hulk fizeram 5 a 0 contra o Ponte Preta, em Campinas, neste domingo (9)



WhatsApp_Image_2020-02-09_at_16.15.34__1__356C6A46-2398-4AF4-84F6-1625910F4119.jpeg Foto: Divulgação
09/02/2020 às 16:28

As guerreiras do Iranduba começaram o ano com vitória. Pela primeira rodada do Brasileirão Feminino - Série A1, o clube alviverde goleou por 5 a 0, fora de casa, a Ponte Preta, em Campinas, São Paulo, neste domingo (9). Os gols da partida foram marcados por Érica (duas vezes) Karol, Fabíola e Jaque.

O próximo desafio do Hulk acontece nesta quinta-feira (13), às 20h, no estádio da Colina, em Manaus contra o Santos na segunda rodada do Brasileirão.



O jogo

Recheada de estreantes, a equipe comandada pelo treinador João Carlos Cavalo mostrou serviço logo no começo do duelo. Aos 4 minutos, Gabi fez longo lançamento, acionando Érica. A camisa 9 do Hulk ganhou na corrida, avançou até a grande área, mas a goleira Gabi Dias fez incrível defesa com os pés.

Aos 8, o Iranduba abriu o placar. Marília aproveitou ‘bobeira’ da lateral-esquerda da Ponte, Raquel, e roubou bola no campo de defesa. A bola chegou até Érica, que na risca da grande área, ignorou carrinho da zagueira adversária e chutou no ângulo direito da goleira Gabi Dias, marcando lindo gol.

Aos 39, quase o Hulk amplia o placar. Novamente Marília roubou bola da zagueira Camila, no campo de defesa, e tocou para Karol, que invadiu a grande área, finalizou, mas a goleira Gabi Dias espalmou.

Sem serem incomodadas pelas adversárias na etapa inicial, o Iranduba manteve a postura ofensiva no segundo tempo. E, de novo, aos 8 minutos o Hulk balançou as redes. 

Érika recebeu no meio campo e enfiou bola entre duas marcadoras da Ponte Preta, servindo Karol. A camisa 7 do Hulk tentou cruzamento rasteiro e a bola acabou tocando de leve na zagueira Camila, tirando qualquer chance de defesa da goleira Gabi Dias. 

Aos 39 minutos, saiu o gol mais bonito da partida. Maria Vitória lançou Érika em velocidade. A atacante avançou, deixou duas marcadoras para trás (uma delas no chão), chegou até a grande área e finalizou no canto esquerdo. Um golaço, mas tinha tempo para mais. 

Aos 47, Érika serviu Fabíola, que viu Gabi Dias se adiantar e tocou por baixo da arqueira, aplicando lindo drible, só tendo o trabalho de completar para a rede. E aos 49, Gabi tocou para Jaque chutar de fora da área, marcando o golaço que decretou o final de partida no estádio Moisés Lucarelli. Ao final do jogo, Érika não escondeu a emoção.

"Estou muito feliz e emocionada. Agradeço à Deus pelos meus primeiros gols com a camisa do Iranduba, uma equipe de grande história", disse a camisa 9 do Hulk.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.