Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
DECISÃO NA ARENA!

Iranduba pega o Flamengo em jogo de vida ou morte no Brasileirão Feminino

Após empate em 2 a 2 no Rio de Janeiro, as Guerreiras do Hulk recebem as Rubro-Negras, às 20h, na Arena da Amazônia, podendo até empatar em 0 a 0 ou 1 a 1 para chegar às semifinais da competição.



k6.JPG Iranduba pode fazer história nesta quarta (21), na Arena (Foto: Antônio Lima)
21/06/2017 às 05:00

“Não penso em revanche, a gente está trabalhando pra ganhar! Até porque a gente fez um grande jogo lá e acredito que vamos fazer um grande jogo aqui também”, a afirmação empolgada da meia Mayara mostra o quão concentrada está a equipe do Iranduba para o jogo decisivo com o Flamengo, hoje, às 20h, na Arena da Amazônia.

Autora do gol do Hulk na derrota para o Fla, por 2 a 1, no ano passado, justamente na fase anterior às semifinais, Mayara sabe que o Rubro-Negro vai vir com tudo pra cima do Iranduba. “Acho que eles devem vir pressionando, até porque a gente joga pelo empate. Então elas vão querer o resultado, mas nós estamos tranquilas e vamos fazer a nossa parte, o que a gente vem treinando e espero que dê tudo certo”, disse a jogadora lembrando que, por ter melhor campanha que o time carioca, a equipe amazonense joga por um empate sem gols ou em 1 a 1 pra avançar no Brasileirão Feminino. Em caso de nova igualdade em 2 a 2 a decisão da vaga vai para os pênaltis. Empate a partir de três gols e a classificação fica com o Flamengo.



Cuidado com jogo aéreo
Ciente de que o Iranduba deixou escapar a vitória nos minutos finais no jogo de ida, o técnico Sérgio Duarte afirmou que sua equipe está mais concentrada e alerta a principal arma das rubro-negras.

“As jogadoras estão concentradas e estão conscientes da responsabilidade. Sabem que é um jogo difícil, como foi o jogo do Rio de Janeiro contra o Flamengo, que é um time forte, uma equipe que utiliza muito as bolas aéreas e diagonais”, pontuou o treinador confirmando que treinou bastante a bola parada.

Dany Helena ajuda no ataque e na defesa (Foto: MARCOS DE PAULA/ALLSPORTS)

“A gente trabalhou muito as bolas paradas, tanto as defensivas como as ofensivas e a gente espera que nesse jogo possamos tirar um proveito muito grande de tudo isso que trabalhamos”, avaliou Duarte apontando que o Hulk se destacou no campeonato por saber equilibrar defesa e ataque.

“Ao longo desse campeonato nós fomos uma equipe muito atacante, mas acima de tudo que soube conciliar muito bem o defender com o atacar. Falo pra elas sempre que é muito importante saber defender e muito mais importante saber atacar e bem! E a gente tem conseguido isso”, ressaltou.

Atenção e apoio

Destaque com a camisa do Hulk no Brasileirão, a goleira Rubi treinou muito seu ponto forte nesta competição: a defesa de penalidades. Consciente de que o Flamengo vem “no abafa”, a arqueira alertou como evitar o jogo aéreo das flamenguistas.

“É tentar evitar o máximo o cruzamento porque o time delas é muito forte na bola aérea e justamente esse é o ponto forte delas. Elas tentam bola aérea o tempo todo, mas a gente treinou muito e tenho treinado bastante dessas bolas. As meninas também estão bem concentradas pra tentar minimizar o máximo possível de erros”, pontuou Rubi enfatizando o apoio da torcida na Arena.

Rubi quer atenção no jogo aéreo do Fla (Foto: Denir Simplício)

“Jogar dentro de casa é sempre importante, principalmente numa decisão como essa. Está valendo uma vaga pra semifinal e a gente sabe que decidir em casa tem um gosto especial e com o apoio da nossa torcida. Sabemos que no ano passado o resultado não foi o esperado, mas esse ano o time está mais forte, mais focado, o time se encontrou dentro do campeonato. Está fechado, unido e tenho certeza que a gente vai fazer um bom jogo e, se Deus quiser, sair daqui com a classificação pra semifinal dando alegria pra torcida que sempre nos apoiou”, finalizou a camisa 1 do Hulk.

Hulk é Seleção!

A campanha empolgante do Iranduba no Brasileirão foi coroada com a convocação da volante Djeni Becker para a Seleção Brasileira principal. A jogadora participou de dois amistosos sob o comando da treinadora Emily Lima, na Europa.

Na última segunda-feira (19), a CBF divulgou novo chamado, agora para partida amistosa contra a seleção alemã, no dia 4 de julho, na Alemanha, e, além da volante do Hulk, a atacante Kamilla também foi chamada.

Kamilla e Djeni foram convocadas pra Seleção principal (Foto: Antônio Lima)

“Pra falar a verdade não estou nem acreditando ainda. Só vai ‘cair a ficha’ quando estiver lá. Parece que estou num sonho”, festejou a artilheira agradecendo ao clube que a ajudou na convocação.

“O Iranduba foi um time que me ajudou muito, me deu oportunidade e eu consegui manter e fiz uma campanha boa aqui, Acho que fiquei até mais leve pro jogo com o Flamengo”, brincou a nova convocada do Hulk.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.