Sábado, 17 de Agosto de 2019
NOVA DERROTA

Iranduba perde mais uma e se aproxima da zona de rebaixamento

Em jogo de duas viradas, Ponte Preta vence por 3 a 2. O Iranduba joga na próxima rodada dentro de casa contra o Internacional, no dia 28 de julho, na Arena da Amazônia



show_zCR021901_p01_82A6DD4D-0DAB-42EA-9CA2-49C9D06F6718.jpg Foto: Antônio Lima
21/07/2019 às 16:45

Em jogo de duas viradas, o Iranduba foi derrotado pela Ponte Preta por 3 a 2, em partida válida pela 13ª rodada da série A1 do Brasileiro Feminino, na tarde deste domingo (21), no estádio Teixerão, em São José do Rio Preto-SP. Mariana, Juliana e Joelma anotaram os gols da Macaca; Eliza e Djeni fizeram os gols do Hulk.

Com o resultado, o time amazonense chega à marca de cinco jogos sem vencer na competição, permanecendo com 12 pontos na 10ª colocação da competição nacional, ficando a um ponto da zona de rebaixamento. 

Vale lembrar que a última vitória do Iranduba foi antes da pausa do torneio para o Mundial Feminino, no duelo da 7ª rodada pelo placar de 3 a 2 em cima do São Francisco (Bahia), no dia 30 de abril, na Arena da Amazônia.

O jogo

As iniciativas do confronto nos 10 primeiros minutos foram das donas da casa, Ponte Preta. A equipe da macaca girava a bola pelo meio campo buscando espaço na defesa do Hulk.

Aos 20 minutos, na bobeada da defesa do Iranduba, Giselinha recuou para Danubia, que errou a devoluçã e, na sobra, Kah invadiu a grande área, mas bateu pra fora. A Ponte Preta continuou pressionando, e aos 24 minutos Mariana abriu o placar. Mas aos 41 minutos, Eliza, que tinha acabado de entrar no lugar de Paulinha, igualou o placar. Djeni cobrou falta na esquerda, a defesa da Ponte Preta desviou e na sobra a atacante do Hulk soltou a bomba da marca penal e estufou as redes da goleira Michele.

Na volta do intervalo, a Ponte Preta seguia com a pressão em cima do Iranduba. Com 10 minutos de bola rolando, as meninas do Hulk buscavam a virada no placar, mas a defesa bem postada do time da casa conseguia interceptar todas as tentativas ofensivas das visitantes. Aos 20 minutos, na cobrança de falta pela esquerda a favor da Ponte Preta, Joelma mandou a bola na grande área e Thaís cabeceou no meio do gol pra defesa de Quezia. As donas da casa seguiram sufocando as meninas do Hulk.

Aos 23 minutos, Joelma cobrou escanteio e no bate e rebate a bola sobrou pra Thaís, que finalizou, mas parou na goleira do Hulk. Aos 25 minutos, o Iranduba teve boa chegada no contra-ataque puxado por Brenda no setor direito, que cruzou e na recepção Amanda dentro da grande área puxou pro meio, mas mandou a bola por cima do gol.

Aos 27 minutos, a lateral esquerda Giselinha fez grande jogada ao passar pela marcação de Luana, cruzou para Brenda finalizar rasteiro da entrada da área, mas a goleira Michele salvou o que seria a virada do Hulk.

Aos 32 minutos, foi assinalado pênalti para o Iranduba. Em jogada de Sinara na ponta esquerda, a defensora da Ponte Preta, Bruh entrou de carrinho e derrubou a volante do Hulk. Djeni cobrou e mandou pro fundo do gol. Aos 34 minutos Joelma empatou mais uma vez o jogo.

E fechando o placar, em contra ataque rápido da Macaca, a atacante Juliana recebeu o passe na marca penal, e sem marcação mandou a bola no ângulo esquerdo do Hulk.

Receba Novidades

* campo obrigatório
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.