Sábado, 17 de Agosto de 2019
REENCONTRO

Iranduba e Vasco duelam na 1ª rodada da 2ª fase do Brasileiro Sub-18

Assim como na primeira fase, formato de disputa é em grupos. Porém, agora os times jogam apenas três partidas em busca da classificação às semifinais da competição nacional



fl_via_iranduba_570EDEA8-8A96-4EFA-A4D4-417B1D916E27.JPG Foto: Junio Matos
10/08/2019 às 19:14

Na tarde de hoje (11), em Bálsamo, interior de São Paulo, o Iranduba joga pela primeira vez na segunda fase do Brasileiro Sub-18. Pelo grupo H, o adversário será o Vasco da Gama e a bola rola às 17h30 (de Manaus) no estádio Manuel Ferreira. Este será o terceiro encontro entre as duas equipes na competição - amazonenses e cariocas também estiveram no mesmo grupo na primeira fase.

Mesmo classificando à segunda fase com a vaga destinada ao melhor segundo colocado dentre os seis grupos, o Hulk fez ótima campanha na primeira fase da competição. Com quatro vitórias, um empate e uma derrota, em seis jogos, as meninas chegaram aos 13 pontos, apenas três a menos do que o líder, Vasco da Gama, que levou a melhor no confronto direito. Enquanto na primeira partida as cariocas venceram a primeira por 1 a 0, a segunda terminou empatada em 3 a 3, com o Iranduba jogando com apenas 10 atletas.

Na segunda partida entre Hulk e Vasco, o empate em 3 a 3 foi de tirar o fôlego. E uma atleta do Hulk foi destaque. Flávia, zagueira e capitã da equipe, marcou o terceiro gol do Iranduba - em grande estilo -, que selou o empate. Já tendo demonstrado qualidade na frente, onde já havia marcado dois gols, Flávia efetuou uma cobrança de falta magistral - à la Petkovic em 2001, em decisão de Campeonato Carioca contra o mesmo rival de hoje - e anotou seu terceiro gol no torneio.

Para a segunda fase, a zagueira aponta que a pressão vai ser maior. “Vai ser mais pegado, as equipes são boas. Em São Paulo temos que fazer mais do que foi feito na primeira fase”, comentou Flávia. Diferente da fase passada do torneio, onde a disputa aconteceu em turno e returno, com seis jogos, na segunda fase é ‘tiro curto’. Serão apenas três rodadas para os dois grupos, de onde classificam duas equipes para a fase de semifinais.

Pelo nível da equipe, Flávia acredita que é possível, sim, acreditar na classificação. “Creio que podemos fazer um bom jogo contra as três equipes. Já enfrentamos o Vasco na primeira fase e conhecemos bem o estilo de jogo delas, assim com elas nos conhecem também. Estamos com o objetivo de trazer essa classificação para o Amazonas”, destacou a zagueira.

No outro jogo do grupo, Fluminense e São Paulo se enfrentam também em Bálsamo - sede do grupo H -. A partida acontece antes do confronto entre Hulk e Vasco da Gama, às 15h (horário de Manaus).

Receba Novidades

* campo obrigatório
News ac1 c11005fb a54c 4884 8608 3c793bab9e30
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.