Publicidade
Esportes
HOMENAGEM

Nadador amazonense Ítalo Figueiredo será homenageado em circuito máster de natação

Reconhecido nacionalmente e com grandes feitos na modalidade, Ítalo voltará a dar braçadas durante o evento. Ele foi um dos principais nomes da natação no Estado e no Brasil, tendo também se destacado em provas internacionais 23/09/2018 às 15:32 - Atualizado em 23/09/2018 às 16:41
Show  talo circuito master 05fd5320 b88e 4a0f b239 6195c343e556
Fotos: Winnetou Almeida e divulgação
Jéssica Santos Manaus (AM)

A próxima etapa do Circuito Máster de Natação Paulo Caju acontece no próximo sábado (29) e, desta vez, o homenageado será Ítalo Figueiredo. Hoje, ele é profissional de educação física, mas durante muitos anos foi um dos principais nomes da natação no Estado e no Brasil, tendo se destacado também em provas internacionais.

Ítalo, 32, nadou dos 6 aos 22 anos de idade, era especialista no nado borboleta, mas também se destacava em provas de outros estilos. Alguns de seus recordes nas piscinas permanecem até hoje nos campeonatos estaduais. Como atleta, ele conquistou vários vice-campeonatos brasileiros; foi convocado nove vezes para a Seleção brasileira; também foi vice-campeão Sul-americano; campeão Sul-americano de revezamento, e ainda foi seis vezes campeão da tradicional Travessia Almirante Tamandaré (duas vezes na categoria petiz: 1996 e 1997, e quatro vezes campeão geral: 1999, 2001, 2003 e 2007). 

Mesmo com tantos resultados significativos, Ítalo disse que não esperava a homenagem. “Fiquei muito feliz com essa homenagem, sinceramente não esperava, foi uma surpresa! Esses eventos que a Aquática Amazonas, o Pierre (Gadelha) e o Raul (Andrade) realizam valoriza muito os ‘atletas antigos’ (risos) que fizeram muito pelo esporte e hoje são esquecidos. E nós temos muitos bons atletas que levaram a bandeira do Amazonas para o lugar mais alto do pódio e que precisam sim serem lembrados e homenageados”, destaca ele.

O nadador disse que a natação foi muito mais do que um esporte. “Através da natação, concluí meus estudos nos níveis fundamental, médio e universitário, pela natação viajei para lugares que provavelmente não viajaria, minha empresa trabalha com esportes aquáticos e minhas amizades são da época da natação, então só tenho que agradecer”, disse.

E apesar de ter passado boa parte da vida dentro d’água, tanto por causa da natação quanto pelo pólo aquático (outro esporte que ama), o nadador disse que no Circuito Máster Paulo Caju vai nadar somente a prova do seu estilo preferido porque não tem conseguido treinar. 

“Pior que não estou nadando (risos). Dei uma parada por conta do trabalho, mas sempre que dá, dou umas braçadas, e voltei a nadar essa semana pra competir no sábado que vem (risos)”, confessou Ítalo, que vai nadar os 50m borboleta, prova que é acostumado a vencer, mesmo ‘parado’.

Orgulho

A competição em homenagem a Ítalo Figueiredo vai acontecer na Aquática Amazonas, localizada na Avenida Efigênio Sales, Zona Centro-Sul, a partir das 8h30. O Circuito acontece desde 2015 e seu realizador, Pierre Gadelha, orgulha-se por ter criado a competição que homenageia um nadador amazonense a cada edição.

“Eu me sinto bem feliz porque com o Circuito Máster, além de poder homenagear as pessoas que fizeram muito pela natação, muito pelo esporte, também conseguimos reunir a turma antiga, e muitos deles, desde que voltamos a realizar o evento, voltaram a nadar, a praticar o esporte, e isso é muito gratificante, deixa qualquer pessoa feliz”, disse Pierre.  

As provas em disputa serão: 50m costas, 200m livre, 50m borboleta, 50m peito, 50m livre. Atletas a partir de 20 anos de idade podem participar do Circuito Máster, e as inscrições podem ser realizadas na sede da Aquática Amazonas ou através do Whatsapp 98167-3339, até quinta, dia 27 de setembro.

Reconhecido pelas homenagens

O Circuito Máster de Natação acontece desde 2014 e já homenageou os atletas Paulo Caju, Gil Machado Jr., Eduardo Piccinini, Jefferson Mascarenhas, Eulina Aquino, Cláudia Nobre, Eduardo Couto, Diogo Lima e, também, os dirigentes/técnicos Roberto Caminha Filho, Aluísio Bitencourt, José Augusto de Almeida e Alfredo Jacaúna.

O circuito costuma reunir nadadores das antigas, mas, também, aqueles que começaram a nadar depois de adultos, e querem se desafiar em algumas das tradicionais provas da modalidade.

16 anos

Esse foi o tempo que Ítalo Figueiredo se dedicou à natação, conquistando títulos estaduais, nacionais e internacionais. Ele foi convocado nove vezes para a seleção brasileira. 

Publicidade
Publicidade