Publicidade
Esportes
DECISÃO

Jacaré perde para Kelvin Gastelum no Rio e fica longe do sonho do cinturão

Brasileiro fez luta dura contra um dos principais nomes do peso médio do UFC e acabou derrotado por decisão dividida 13/05/2018 às 00:14
Show img 3129
Foto: Esther Linn / MMA Fighting
Dante Graça Manaus

O sonho do brasileiro Ronaldo ‘Jacaré’ Souza de disputar o cinturão do UFC está cada vez mais distante. O capixaba, que nasceu para o mundo das lutas em Manaus, acabou derrotado por Kelvin Gastelum no UFC Rio 9, por decisão dividida. Jacaré deixou o octógono visivelmente contrariado com o resultado. 

A luta 

Ronaldo Jacaré começou o round com uma estratégia precisa. Logo nos primeiros segundos ele encurtou a distância, fez um bom jogo de grade e conseguiu a queda. Jogando por cima, Jacaré disparou bons golpes em Gastelum e tentou uma finalização por chave de braço. Mas o norte-americano conseguiu escapar da blitz do brasileiro sem ser finalizado. 

No segundo round o cenário começou diferente. Sabendo que precisava pressionar, o norte-americano aplicou boas sequências d socos em Jacaré, que por sua vez tentava quedas sem sucesso. Gastelum seguiu pressionando, Jacaré não fugiu da trocação e acabou pagando o preço, sendo atingido por um cruzado e indo a lona. Mas ele conseguiu se recuperar e proporcionou momentos duros na reta final do round, quando ambos optaram pela luta mais franca.

O terceiro round foi o mais equilibrado de todos. Mesmo visivelmente mais cansado que o adversário, Jacaré conseguiu acertar bons golpes no adversário e aplicou duas quedas. Porém, Gastelum teve mais volume no round, mesmo sem grandes momentos de contundência. Porém, dois árbitros deram a vitória no terceiro round para o americano, enquanto apenas um viu a vitória do brasileiro. 

Publicidade
Publicidade