Publicidade
Esportes
Craque

Jacaré vence duelo contra japonês no UFC Fight Night

O evento Fight Night 28, que lotou o estádio do Mineirinho em Belo Horizonte, acabou ainda no primeiro round com a vitória por nocaute técnico do capixaba radicado desde criança em Manaus 05/09/2013 às 14:05
Show 1
Jacaré acerta uma direita em Okami, levando japonês ao chão, onde finalizou com uma sequência fulminante
acritica.com Manaus (AM)

O co-main event do UFC Fight Night 28 - que aconteceu na noite desta quarta-feira (4) no ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte, e contou com o capixaba radicado em Manaus Ronaldo “Jacaré” Souza enfrentando o japonês Yushin Okami -, resultou numa vitória energética do brasileiro.

Aos 2 minutos e 47 segundos do primeiro round, Jacaré deferiu uma sequência fulminante de socos no oponente, que não resistiu e perdeu por um nocaute técnico.

No começo do duelo, os dois lutadores imediatamente tomaram o centro do octógono e Jacaré, com muita agressividade, já partiu para o ataque. Enquanto Okami aparentava esperar por uma tentativa de takedown, o primeiro minuto do combate se deu apenas com trocas de socos – a maioria desferida pelo brasileiro.

Uma direita certeira abalou o japonês, que sentiu ainda com uma série de murros enquanto se recuperava do susto, encostado na grade. Porém, isso não foi suficiente para derrubá-lo, e Okami se esquivou a tempo.

Alguns segundos depois, Jacaré encaixou outro golpe forte que pegou seu adversário de surpresa, levando-o ao chão. Okami se recuperou rapidamente, impedindo a intervenção do juiz, mas isso não foi bom para o “japa”: Jacaré segurou o oponente e lançou uma sequência imbatível de diretas contínuas, levando-o a vitória por nocaute técnico.

A vitória do brasileiro, sua segunda no UFC, interrompeu a sequência de três vitórias consecutivas de Okami. Foi uma trocação afiada, muito bem calculada, que lhe rendeu a luta. No octógono, jacaré machucou seu pé num chute e não pôde fazer sua dança típica, imitando o réptil. “Peço desculpa aos fãs por não poder fazer a andada do jacaré”, brincou, após o anúncio de que saiu campeão.


Quando perguntado com quem gostaria de lutar da próxima vez, o amazonense de coração foi claro: “Tô pronto para qualquer um, quem decide é o UFC”. “Manaus, prepara que eu estou chegando pra festa. Artur (Neto, prefeito da capital amazonense), é com você”, completou o lutador.

Publicidade
Publicidade