Quarta-feira, 14 de Abril de 2021
Derby da Velha Serpa

JC e Penarol se enfrentam nesta quinta-feira (8), no Floro de Mendonça

Equipes encerram a oitava rodada, Barezão 2021, às 15h em Itacoatiara



371afcfe-e519-44fd-9fe0-1dafa4094553_54B43EC5-F799-4F27-BBB3-D2DE255DC06A.jpg Foto: Antonio Assis/FAF
08/04/2021 às 09:41

Nesta quinta-feira (8), acontece às 15h, no estádio Floro de Mendonça, o 1° encontro entre JC e Penarol. O Clássico da Velha Serpa projeta, já na sua partida de estreia, uma grande expectativa entre os treinadores, que buscam encontrar o equilíbrio de suas equipes para terem a chance de brigar pelo título do Barezão. 

Incomodando 



Para se recuperar e subir algumas posições na tabela, o Tigre do Norte terá a chance de se reabilitar contra o Penarol, rival local. Paulo Morgado comentou sobre o que esperar da sua equipe para o jogo. 

"Muita rivalidade, o JC não é um clube ainda com muita torcida, mas já tem muita gente a torcer contra. Ou seja, quem é do Penarol é 'anti' e nós ainda recebemos mais críticas do que o próprio Penarol. O JC já incomoda muita gente", comentou o Mister, que ainda ressaltou a importância da vitória por ultrapassar o rival na tabela. 

"Temos que trabalhar para conseguir os três pontos, pois é importante na classificação passarmos o próprio Penarol. Poderíamos chegar a um sexto lugar, o que seria importante para nós até para fugir do oitavo lugar, que joga contra o primeiro (nas quartas). Vamos ver se conseguimos os três pontos, não só por ser um derby local, mas porque precisamos dos três pontos", finalizou. 

Jogo especial 

Entre altos e baixos, o Penarol - atual campeão amazonense - busca constância para, segundo Edmílson de Jesus, brigar por coisas grandes. 

"Nós tivemos altos e também tivemos baixos, não estamos com a constância que sempre tivemos na nossa trajetória, mas é um momento de transição também. Nós estamos trazendo atletas novos, liberando outros, um momento de reafirmação e a vitória aumenta a moral", comentou o comandante do Leão, que disse encara a partida como especial. 

"Eu enxergo como um jogo especial por sermos da mesma cidade. Existe, claro, uma rivalidade. Somos os atuais campeões e isso desperta o interesse nas equipes que jogam contra nós. Me sinto feliz em fazer parte do primeiro jogo da história das duas equipes, mas estamos trabalhando com muito afinco, com responsabilidade. Temos intenções grandiosas no campeonato, respeitando o planejamento. Vamos afim de fazer o resultado positivo para o Penarol".

João Felipe

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.