Publicidade
Esportes
Craque

Jessica Oliveira conquistou duas medalhas de ouro no Sulamericano de Jiu Jitsu

A faixa roxa de jiu jitsu não quer saber de descanso e já faz planos para o fim do ano e 2014 21/11/2013 às 19:11
Show 1
Jessica já passou de promessa e é uma das maiores 'papa medalhas' do Amazonas no jiu jitsu
Bruno Strahm Manaus (AM)

A atleta Jessica Oliveira obteve mais uma conquista em sua carreira ao vencer o Sulamericano de Jiu Jitsu na categoria Meio Pesado (até 74 kg) e na absoluto (sem limite de peso). A competição foi disputada no último sábado (16) em Florianópolis, Santa Catarina, onde a jovem de apenas 20 anos teve de enfrentar o frio além das adversárias.

“Cheguei na quarta-feira (13) e a temperatura estava quente, mas no dia das minhas lutas fez muito frio e eu demorei para ‘entrar no clima’ da competição. Mas no fim deu tudo bem”, comentou a campeã.

A faixa roxa venceu duas adversárias para conquistar a medalha de ouro no meio pesado e uma no absoluto. Três lutas em apenas um dia levaram Jessica ao extremo de sua resistência física. Além de tudo, o alto nível técnico de suas oponentes dificultou ainda mais suas vitórias.

“É mais difícil porque algumas rivais eu já enfrentei em outros campeonatos, elas conhecem meu jogo e eu o delas. Então, a parte física conta muito nessa hora, pois depende de quem está mais preparada para resistir. Fiz treinos intensos aqui em Manaus antes de viajar. ‘Rolava’ no tatame de manhã, de tarde e a noite, e cuidei muito da minha alimentação para bater o peso da categoria”, disse Jéssica, que precisa perder 3 quilos para chegar aos 74 quilos, peso limite do Meio Pesado.

De visual novo após suas vitórias, Jéssica investiu em um corte de cabelo mais radical e raspou as laterais de sua cabeça. “Foi uma promessa que eu fiz”, disse a atleta em meio a risos de timidez.

Fim de ano e novos rumos

Apesar da bela conquista dupla, engana-se quem pensa que Jéssica irá repousar o resto ano sobre os louros da vitória. A atleta ainda tem compromisso marcado em dezembro na Copa Arthur Neto de jiu jitsu, a última grande e tradicional competição de pano do Amazonas.

“Mesmo depois da Copa em dezembro eu não vou deixar de treinar. Preciso estar preparada para a seletiva para Abu Dhabi – maior competição de submission no mundo, que vai acontecer em São Paulo no mês de janeiro de 2014. Já tenho tudo planejado, quero competir o Pan e o Mundial no ano que vem e depois disso, me testar no MMA”, finalizou a casca grossa.


Publicidade
Publicidade