Publicidade
Esportes
Craque

Jogador Fred quer encerrar o jejum de gols no "Clássico Vovô"

Há três jogos sem marcar, Fred quer acabar com a seca de gols contra o Bota nesse domingo 06/03/2015 às 20:22
Show 1
Fred quer voltar a marcar e ajudar o Flu a vencer o Fogão
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Fluminense e Botafogo farão “clássico vovô” no Maracanã no domingo (8) às 17h30 (horário de Manaus), pela oitava rodada do Campeonato Carioca. Um clássico, por si só, já é um combustível para fortes emoções, mas esse que será o jogo de número 343, tem componentes a  mais que prometem fazer o clássico mais antigo do Brasil ser bastante disputado.

De um lado, o Fluminense entra em campo com o seu artilheiro, Fred, com fome de gols. Sem marcar há três jogos, o artilheiro do Carioca, com cinco gols, quer acabar com o jejum contra o rival, mas para isso, o atacante tricolor terá  Jefferson, o goleiro da Seleção Brasileira, que vem fazendo boas atuações pelo Fogão no Estadual.

Embora os dois times estejam no G-4, as campanhas são bem diferentes. O Botafogo é líder isolado, com 19 pontos e está invicto no campeonato, com seis vitórias e um empate em sete jogos.

Já o Tricolor das Laranjeiras, aparece em terceiro, com 15 pontos e possui cinco vitórias e duas derrotas no campeonato e apesar de vir de uma vitória suada contra o Resende, nos dois jogos anteriores, o time sofreu duas derrotas seguidas, inclusive contra o  Vasco. Já o Botafogo vem embalado depois de uma vitória sobre o Flamengo.

Mudanças no times

Para o clássico, o Botafogo de Renê Simões vem com duas mudanças; Roger Carvalho, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo, dará lugar a Diego Giaretta, já Diego Jardel foi sacado da equipe titular por opção técnica e Gegê ocupará a vaga no meio campo do Glorioso.

“O Jardel é um meia mais técnico, um jogador que tem condições de colocar o outro na cara do gol. O Gegê é mais rápido e novo, com uma disposição para buscar o espaço. O René tem essas duas opções e é legal ver isso, a mudança que aconteceu e hoje temos até brigar por posição. É uma boa dor de cabeça para o professor René”, disse o volante Marcelo Mattos sobre as mudanças na equipe.

Do lado tricolor, o time provavelmente virá com muitas mudanças. Em relação ao jogo contra o Resende, as novidades serão entradas de Marlon e Edson nas vagas de Victor Oliveira e Vinicius. Gerson, que atuou como volante no último jogo, passa para o setor de criação. O volante Edson volta ao time após cumprir suspensão.

Se as mudanças feitas pelo técnico Cristóvão Borges se concretizarem, esta será a sexta formação diferente em oito jogos. Fred disse que o objetivo da equipe agora é encontrar um equilíbrio entre ataque e defesa para que não sofra tanto com altos e baixos.

“Estamos buscando oscilar o menos possível para buscar um equilíbrio, para termos uma equipe organizada para atacar e defender. Processo natural, já era esperado. A gente fica nessa batalha dia a após dia para evoluir o quanto antes”,  disse o capitão.

Para acabar com a seca no Nense

Fred vai entrar em campo com sede de gols. Com cinco gols no campeonato, o artilheiro do Estadual teve um início animador, mas o jejum de três jogos já está incomodando o atacante, que entrará motivado para fazer gols e ajudar o tricolor a vencer o clássico. “É ruim não marcar. Um jogo me irrita, dois também, três pior ainda. Estou faminto. Estou tranquilo e tenho que ganhar domingo. Estou vendo essa vontade em cada jogador e temos que levar todo esse trabalho pra dentro de campo”, disse.

E esse jejum não é ruim apenas para o artilheiro, os gols de Fred fazem falta ao Flu. Dos três jogos em que Fred passou em branco, o Flu perdeu dois: contra o Vasco, por 1 a 0, e contra o Volta Redonda, por 2 a 1.


Publicidade
Publicidade