Publicidade
Esportes
Craque

Jogador Robinho é acusado de estupro coletivo em Milão, diz jornal italiano

Atleta do Santos e da seleção brasileira já foi acusado do mesmo crime em 2009, porém o caso foi arquivado pela polícia após o jogador ser absolvido    22/10/2014 às 13:01
Show 1
Robinho entrenta segunda acusação de estupro no exterior
acritica.com* ---

Segundo o jornal italiano Corriere della Sera desta quarta-feira (22), o atacante Robinho, de 30 anos, está sendo investigado na Itália por suposto envolvimento em um caso de estupro coletivo em janeiro de 2013, envolvendo uma jovem brasileira de 18 anos.

A publicação afirma que o promotor Stefano Ammendola chegou a pedir a prisão do jogador. Porém, a juíza italiana Alessandra Simon negou o pedido porque considerou que o atleta, que hoje mora no Brasil, não prejudicaria a investigação caso permanecesse em liberdade, além de não ter antecedentes criminais.

Na denúncia, a jovem relatou à polícia local ter conhecido o atacante em um restaurante em Milão, onde Robinho estaria com sua mulher e cinco amigos. Na mesma noite, o atleta teria deixado a mulher em casa e retornado ao local. Algumas horas depois, o grupo teria forçado a mulher a ter relações sexuais.

O Corriere della Sera relata que a jovem só foi à polícia seis meses depois da noite em que diz ter sido violentada. O atleta, que na época defendia o Milan, ainda não se pronunciou sobre a acusação.

1º caso

Em 2009, enquanto defendia o Manchester City, Robinho enfrentou acusações semelhantes. Na época, uma estudante inglesa de 18 anos alegou ter sido abusada sexualmente pelo brasileiro em uma boate de Leeds, no norte da Inglaterra, quando o jogador estava acompanhado de companheiros de elenco. A polícia local, no entanto, inocentou o jogador e arquivou o caso.

*Com informações do site VEJA

Publicidade
Publicidade