Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Craque

Jogador venezuelano 'se inspira' em Luis Suárez e morde adversário durante partida

O fato ocorreu em partida válida pelo campeonato mexicano e lembrou o caso do atacante uruguaio na Copa do Mundo. Em plena época da Páscoa, o meia Arango atacou o zagueiro Jesus a base da dentada  


06/04/2015 às 10:58

O meio-campista do Tijuana Juan Arango se inspirou em Luis Suárez e mordeu um adversário em partida do Campeonato Mexicano.

Arango, da seleção da Venezuela, mordeu o ombro do defensor do Jesus Zavala, do Monterrey, nos minutos finais da derrota do Tijuana, em casa, por 4 a 3, no sábado (4).

Zavala foi ao chão com a mão no ombro esquerdo, mas o árbitro, que não viu o incidente captado pelas câmeras de TV, não tomou nenhuma atitude.

Suárez, atacante do Barcelona, ainda está proibido de defender o Uruguai depois de ter mordido o italiano Giorgio Chiellini em partida da Copa do Mundo de 2014, já tendo sido punido anteriormente no Campeonato Inglês por também morder o zagueiro do Chelsea Branislav Ivanovic quando jogava no Liverpool.


O Tijuana viu sua vantagem na liderança do torneio Clausura cair para um ponto. O time tem 23 pontos em 12 partidas, um a mais que o Veracruz, que perdeu por 3 x 1 para o quinto colocado UANL Tigres.

O Monterrey subiu para a nona colocação, com 16 pontos, uma posição fora dos oito primeiros que se classificam para a etapa final da competição.

O Chivas Guadalajara, que empatou por 1 x 1 com o Atlas no clássico da cidade, está empatado em 21 pontos com o atual campeão e arquirrival América, mas continua duas posições acima da zona de rebaixamento. 


publicidade
publicidade
Musical de Páscoa em igreja na Zona Sul aborda depressão e violência
Crianças vacinadas contra H1N1 no Amazonas precisam tomar a 2ª dose
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.