Sexta-feira, 15 de Novembro de 2019
Craque

Jogo entre Amigos da Cidade Nova e Panair FC é suspenso e finalista só será conhecido depois do carnaval

O Amigos da Cidade Nova vencia o jogo por 1x0 quando o árbitro Manoel Francelino resolveu suspender o jogo após a comissão técnica e jogadores do Panair Fc invadirem o campo para tentar agredí-lo



1.jpg Semifinal do Peladão Brahma entre Panair Futebol Clube e Amigos da Cidade Nova
12/02/2015 às 23:47

CONFIRA AQUI GALERIA DE IMAGENS

O segundo finalista do Peladão Brahma só será conhecido após o carnaval. O Amigos da Cidade Nova vencia o jogo por 1x0 quando o árbitro Manoel Francelino resolveu suspender o jogo após a comissão técnica e jogadores do Panair Fc invadirem o campo para tentar agredí-lo. A comissão disciplinar da coordenação do Peladão irá se reunir na semana que vem para definir o que fazer.

Enquanto a bola rolou, a partida foi equilibrada. O jogo começou com as duas equipes apostando na velocidade de seus atacantes. Pelo lado do Panair, o experiente Buiú (que já jogou profissionalmente no São Raimundo e Holanda) comandava as principais investidas. Já no Amigos da Cidade Nova, o jovem Romarinho infernizava a defesa adversária em cada toque na bola ou arrancada.



A primeira grande chance aconteceu aos 8. A zaga da Cidade Nova falhou e a bola sobrou nos pés do centroavante Robson Garanha. Mas, o matador foi com "excesso de vontade" na hora da finalização e a bola passou por cima do gol de Betinho. Quatro minutos depois, Buiú pegou a bola ainda no campo de defesa, avançou pela esquerda e cruzou para Peru, que demorou a se definir e facilitou o trabalho da zaga do Cidade Nova.

A partir daí, o jogo esfriou. Com as divididas cada vez mais intensas, o árbitro Manoel Francelino precisou intervir várias vezes para evitar que os ânimos voltassem a se acalmar. Os times voltaram para o segundo tempo no mesmo ritmo. Mas, em uma bela jogada pelo lado esquerdo do campo, o Amigos da idade Nova abriram o placar aos 9 minutos.

Nenca deixou dois adversários para trás e cruzou rasteiro para Romarinho só escorar para o fundo das redes de Baby. Na comemoração, o camisa 11 da equipe da zona Norte repetiu o gesto de Bebeto nas quartas de final da Copa do Mundo de 1994 e fez um "embala neném" para homenagear a filha recém-nascida.

O Panair tentava reagir, mas, esbarrava sempre na forte marcação da Cidade Nova. Aos 24 minutos,  veio o lance polêmico do jogo. Após dividida, Buiú caiu dentro da área, mas o árbitro interpretou que não foi pênalti. Os jogadores e a comissão técnica do Panair se revoltaram e invadiram o campo.

Manoel decidiu ir para os vestiários cercado escoltado pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar. Após quarenta minutos de indefinição, o Cidade Nova resolveu deixar o campo também. O Panair chegou a sugerir um novo árbitro para o duelo, mas a ideia foi rechaçada. A coordenação acatou a decisão do árbitro e suspendeu o duelo.

O coordenador do Peladão, Arnaldo Santos, lamentou o ocorrido e disse que analisará o relatório do árbitro e os argumentos dos times junto com a comissão disciplinar da competição, que deve se reunir na semana que vem



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.