Publicidade
Esportes
Craque

Jogo tenso: de treinador novo, Flamengo recebe o São Paulo, que tem técnico na berlinda

Oswaldo de Oliveira faz sua estreia no Rubro-Negro e de cara pega o Tricolor, do ameaçado Juan Carlos Osorio. O primeiro quer fazer uma nova história na Gávea, o segundo pode deixar o Morumbi rumo ao México   21/08/2015 às 16:48
Show 1
Flamengo e São Paulo fazem jogo tenso no Maracanã pela abertura do returno do Brasileirão.
Denir Simplício Manaus (AM)

O clássico deste domingo, às 15h (Manaus), no Maracanã, envolvendo Flamengo e São Paulo mostra algumas  particularidades nada agradáveis entre as duas equipes. Tanto o Rubro-Negro carioca quanto o Tricolor paulista  vêm de derrotas marcantes na Copa do Brasil e no Brasileirão.

Enquanto o  Mengo caiu diante do arquirrival, Vasco da Gama, o São Paulo deu vexame e foi derrotado pelo time reserva do Ceará, em pleno Morumbi, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O revés do Rubro-Negro derrubou o técnico Cristóvão Borges. No Tricolor, já tem quem diga que o colombiano Juan Carlos Osorio não deve durar muito no cargo.

Outra semelhança entre flamenguistas e tricolores é que ambos perderam para os lanternas do Brasileirão. O Flamengo apanhou do Vasco, último colocado na Série A do campeonato. E o Tricolor fez pior, conseguiu perder para o Vozão, lanterna da Série B nacional.

Como se não bastasse, ambas as equipes também foram goleadas  no fechamento do turno do Brasileiro. O Fla caiu de quatro frente ao Palmeiras, no Allianz Parque. Enquanto o São Paulo levou um “sacode” do Goiás, no Morumbi. Uma crise iminente rodeia tanto a Gávea, como  o Morumbi e quem sair com a vitória na partida de logo mais dará uma boa respirada pro restante da temporada. 

Pressão no Maraca

No Mengo, a chegada de Oswaldo de Oliveira foi vista com bons olhos por grande parte da torcida e diretoria. O treinador, que esteve no clube em 2003, comentou a vontade de voltar ao Flamengo.

“Não quis profetizar. De qualquer maneira sempre tive um desejo muito grande de voltar ao Flamengo. De escrever finalmente uma história vitoriosa. Clube que tenho a maior estima, um carinho muito grande. Uma felicidade estar novamente aqui. É meu time de coração. Que a torcida esteja com a gente e nos apoie para brigarmos pelos nossos objetivos”, disse Oswaldo em sua apresentação na Gávea.

O maior problema no seu retorno ao Mengo é arrumar a defesa rubro-negra, que é a segunda mais vazada do Brasileirão. Wallace e Samir devem começar jogando contra o São Paulo. Na frente a dupla Guerrero e Sheik continua, a dúvida fica no meio. Alan Patrick, que esteve com Oswaldo no Palmeiras pode formar dupla no meio com Everton, mas a entrada de Ederson não está descartada.

No Morumbi, além dos seguidos tropeços, Juan Carlos Osorio terá dois sérios desfalques para o duelo com o Fla. Com uma torção no joelho, Luis Fabiano está fora, assim como PH Ganso, suspenso, também não estará no Maracanã. Rogério Ceni continua se recuperando de lesão. O sistema de rodízio de jogadores não tem agradado a torcida, nem o elenco sãopaulino. Na derrota frente ao Ceará, o meia Michel Bastos retornou ao time, mas não agradou.

Osorio ainda não definiu o time, nem o esquema de jogo para tentar bater o Flamengo pela segunda vez no campeonato. Uma nova derrota pode custar o emprego do colombiano, que está sendo sondado para dirigir a seleção mexicana.


Publicidade
Publicidade